PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

Convocado por Tite, Raphinha cita ansiedade para estrear pelo Brasil e revela conversa com Ronaldinho

5 out 2021 09h50
| atualizado às 10h35
ver comentários
Publicidade

Convocado para a Seleção Brasileira, Raphinha concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira. O atacante do Leeds United falou sobre a frustração após o veto dos clubes ingleses aos atletas brasileiros na última convocatória e citou a ansiedade para estrear pela equipe treinada por Tite. Ele também revelou conversa com o ídolo Ronaldinho Gaúcho.

"Foi bem complicado, fiquei bastante frustrado. Claro que tive a esperança de vir até o último momento, mantive contato com a comissão e com o clube. Infelizmente não foi resolvido. O que poderia fazer era manter a cabeça no lugar, continuar trabalhando. Sabia que em poucas semanas teria uma outra convocação", disse o jogador citando a impossibilidade de representar o Brasil inicialmente.

"Mesmo estando aqui, a minha ficha ainda não caiu. Treinei, encontrei jogadores que sempre fui fã. Mas acredito que minha ficha só vai cair depois da primeira partida. É um momento que mistura muitos sentimentos: alegria, felicidade e nervosismo, pelo lado positivo", completou.

Após elogiar Bruno Fernandes, meia do Manchester United e que foi companheiro de Raphinha no Sporting, o brasileiro falou sobre o contato com o ídolo Ronaldinho Gaúcho: "Me mandou um vídeo, falei com ele por telefone. Conversamos um pouco, me deu os parabéns acabei ficando mais feliz do que já estava. Receber elogios de grandes jogadores é muito gratificante."

Líder das Eliminatórias Sul-Americanas com 100% de aproveitamento, o Brasil enfrenta a Venezuela fora de casa, na quinta-feira, às 20h30 (de Brasília). Na outra quinta-feira (14), às 21h30, recebe o Uruguai na Arena da Amazônia.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade