PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

CBF mostra confiança em contar com atletas que atuam na Inglaterra e deixa episódio contra a Argentina para trás

27 set 2021 19h50
ver comentários
Publicidade

Depois de todo imbróglio envolvendo a convocação dos jogadores que atuam no futebol inglês devido a pandemia da covid-19, a Seleção Brasileira não teve ter o mesmo problema na próxima Data Fifa, marcada para outubro.

Nesta segunda-feira, Juninho Paulista mostrou confiança em contar com esses atletas, que foram vetados de se apresentarem para as últimas três partidas das Eliminatórias para a Copa do Mundo. O coordenador  revelou que a conversa com os clubes da Inglaterra está bem encaminhada.

"Já na Data Fifa passada a gente conversou e liberou a punição para os atletas jogarem os seus jogos locais e a Champions. Foi uma demonstração de boa fé exatamente visando essa Data Fifa de outubro para que a gente não tenha problemas e eles possam ser liberados. A conversa foi bastante produtiva, está bem adiantada. Acredito que a gente possa ter essa confirmação em um ou dois dias, mas estamos bem confiantes e por isso nos convocamos os atletas. Dessa vez estaremos completos", disse em coletiva.

Outra confusão que a CBF espera não enfrentar novamente é a que ocorreu na partida contra a Argentina. Na ocasião, agentes da Anvisa interromperam o clássico na Neo Química Arena devido a falta de cumprimento das regras sanitárias por parte de quatro jogadores argentinos.

"Foi algo complemente atípico, que não era de responsabilidade da CBF. O que a gente observa é que a seleção visitante já está fazendo o seu dever de casa para que isso não ocorra. E a gente falou com o pessoal da vigilância de saúde e alinhamos. Não teremos problema algum, estamos confiantes", disse Manuel Flores, dirigente da entidade.

Com o elenco completo, portanto, a Seleção encara o Uruguai no dia 14 de outubro, na Arena da Amazônia, pela 12ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas. E uma grande novidade para este embate será a presença de torcedores, algo celebrado por Juninho.

"Nós estamos sentindo falta desse calor do torcedor. Tivemos um exemplo agora em Pernambuco de poder vivenciar isso novamente, estávamos há um ano e pouco sem esse calor humano. Todos nós gastamos, os atletas gostam e pedem. Acho que vai ser uma experiência muito bacana", comentou.

As vendas serão iniciadas no dia 7 de outubro, uma semana antes do jogo. Todos que comprarem ingressos terão que realizar um teste RT-PCR dias antes da partida para comprovarem que não estão com covid-19. Os preços variam entre R$ 700,00 (camarote) e R$250 (anel superior).

A preocupação, no entanto, gira em torno da situação do estádio, principalmente o gramado. Após realizar uma vistoria no local nesta segunda-feira, o coordenador da CBF afirmou que o campo está evoluindo e deve ficar ainda melhor até o confronto.

"É muito importante para a comissão e os jogadores a condição do gramado, principalmente os atletas europeus, que estão acostumados com um nível excelente. Essa é a nossa maior preocupação. O que eu pude ver agora é que, da maneira que está, houve uma evolução muito grande. Temos mais 20 dias para que melhore ainda mais", finalizou Juninho.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade