0

Brasil enfrenta os Barbarians nesta quarta-feira em partida histórica no Morumbi

Seleção masculina de rúgbi tem um ótimo desafio contra o time dos sonhos mundial e que tem quatro campeões da África do Sul

19 nov 2019
17h44
atualizado às 17h50
  • separator
  • 0
  • comentários

A seleção brasileira de rúgbi fará nesta quarta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), no estádio do Morumbi, uma partida histórica para a modalidade. Pela primeira vez os Barbarians, seleção que reúne os melhores jogadores do mundo, estará no País para disputar um jogo. Os ingressos para o duelo ainda estão à venda no site www.barbariansnobrasil.com.br.

Os Barbarians são como o "drem team" mundial, o time dos sonhos dos melhores jogadores de rúgbi da atualidade. A equipe existe há mais de cem anos e toda temporada são convocados jogadores que se destacaram em suas seleções. Até por isso, diversos atletas que brilharam na Copa do Mundo de Rúgbi recentemente estarão no Brasil.

Da África do Sul, campeã no Japão, estarão quatro campeões mundiais: Schalk Brits, Lukhanyo Am, Makazole Mapimpi e Tendai Mtawarira. Outros jogadores que disputaram a Copa do Mundo e vão vestir a camisa do Barbarians são Rory Best, ex-capitão da Irlanda e que anunciou sua aposentadoria da seleção, Campese Ma'afu, pilar de Fiji, e o canadense Tyler Ardron, capitão de seu país.

"O Brasil vem se destacando no rúgbi e, mundo afora, escutamos falar dos bons resultados que eles estão alcançando. São jogadores fortes e habilidosos, então acredito que esta partida será muito interessante", explicou Ardron, que foi escolhido para ser o capitão dos Barbarians na partida desta quarta-feira.

Na terça-feira, os jogadores sul-africanos Curwin Bosch e Andre Esterhuizen estiveram junto com Lucas Duque, o Tanque, e Cleber Dias, o Gelado, numa entrevista na TV Estadão. E mostraram que estão animados para a partida no Morumbi. "É um jogo histórico. Minha primeira partida foi em 2005, contra o Paraguai, e a última será contra os Barbarians", disse Tanque, que se aposentará da seleção de 15.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade