2 eventos ao vivo

Atlético-GO empata com o Brasil de Pelotas e pode deixar o G-4 da Série B

Equipes ficam no 0 a 0, em partida no estádio Antônio Accioly, em Goiânia

23 ago 2019
22h38
  • separator
  • 0
  • comentários

O Atlético-GO não conseguiu furar o bloqueio do Brasil de Pelotas e deixou o gramado do estádio Antônio Accioly na noite desta sexta-feira debaixo de vaias depois de empatar sem gols, em partida válida pela penúltima rodada do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro.

Esse foi o segundo empate seguido do Atlético-GO, que tem 30 pontos, mas corre o risco de deixar o G4 no complemento da rodada. Em 12.º lugar, o Brasil de Pelotas chegou aos 22 pontos e segue distante da zona de rebaixamento.

O primeiro tempo foi bastante truncado e por isso aconteceram poucos lances de perigo. O Atlético-GO tinha mais a posse de bola, mas o Brasil de Pelotas se defendia bem. Melhor jogador em campo, Jairinho assustou duas vezes em chutes de fora da área. Em um deles, Carlos Eduardo espalmou para escanteio.

O segundo tempo começou movimentado, com o Brasil de Pelotas assustando em chute de Murilo Rangel e o Atlético-GO respondendo em cabeceio de Jorginho. Aos poucos, o time da casa foi se lançando ao ataque e só não conseguiu a vitória porque encontrou Carlos Eduardo inspirado. O goleiro fez pelo menos três grandes defesas.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, pela última rodada do primeiro turno. O Atlético-GO enfrentará o Sport, às 21h30, na Ilha do Retiro, no Recife, e o Brasil de Pelotas receberá a Ponte Preta, às 19h15, no Bento Freitas.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 0 X 0 BRASIL DE PELOTAS

ATLÉTICO-GO - Maurício Kozlinski; Reginaldo, Oliveira, Lucas Rocha e Nicolas; André Castro (Jarro Pedroso), Moacir e Jorginho; Matheuzinho, Jairinho (Gilsinho) e Rodrigo Rodrigues (Pedro Raul). Técnico: Wagner Lopes.

BRASIL DE PELOTAS - Carlos Eduardo; Ednei, Leandro Camilo, Bruno Aguiar e Willian Formiga; Leandro Leite, Washington, Murilo Rangel (Carlos Jatobá), Daniel Cruz (Pereira) e Cristian; Rodrigo Alves (Maicon Assis). Técnico: Bolívar.

ÁRBITRO - Ronei Cândido Alves (MG).

CARTÕES AMARELOS - Matheuzinho, Maurício Kozlinski e Reginaldo (Atlético-GO); Leandro Camilo, Ednei e Leandro Leite (Brasil).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO).

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade