0
Logo do Brasil de Pelotas
Foto: Gazeta Press

Brasil de Pelotas

América empata e segue distante do líder Internacional

17 out 2017
22h44
atualizado às 22h44
  • separator
  • comentários

O América não conseguiu aproveitar o empate do Inter na rodada e também ficou na igualdade, na noite desta terça-feira, contra o Brasil de Pelotas, no Bento de Freitas, pela Série B. O triunfo deixaria o alviverde mineiro a um ponto do líder colorado. O Brasil segue em 10º, com 38 pontos anotados.

Foi um duelo bastante truncado. As duas equipes criaram pouco nos dois tempos e fizeram um duelo tático interessante. O resultado foi pior para o Brasil que jogava em casa e teve, pelo menos, três chances claras para conseguir os três pontos.

O América volta a campo no sábado, às 19h (de Brasília), contra o Paraná, no Independência. Já o Brasil recebe o Santa Cruz, novamente no Bento Freitas, no mesmo dia, mas às 17h30.

Primeiro tempo

O duelo entre América e Brasil de Pelotas foi marcado por bastante equilíbrio na etapa inicial do confronto. As duas equipes faziam boa marcação defensiva e saiam para o jogo com bastante qualidade. Ambos faziam jogos parecidos.

Foi um jogo de muita marcação, pouco espaço, as equipes se adiantavam e pressionavam a saída, enfim, se igualavam taticamente em campo e isso deixava o jogo com poucas chegadas claras.

O Brasil chegou cinco vezes contra a meta de João Ricardo. No entanto, apenas uma com relativo perigo. Lincom recebeu na frente, limpou o lance e chutou levando algum susto para a defesa americana.

O Coelho, por sua vez, avançou contra a meta do Pelotas em quatro oportunidades, também um vez somente com perigo. O meia Renan Oliveira recebeu na esquerda, limpou para a perna direita e chutou, obrigando o goleiro Marcelo Pitol a fazer a defesa.

Segundo tempo

A etapa final foi parecida. As equipes seguiam se igualando em campo, não davam espaços e tinham dificuldades, de um lado e de outro, de encontrá-los.

O América, no entanto, não conseguia chegar tanto quanto o Brasil. A equipe da casa queria o resultado e passou a criar várias chances após os 15 minutos do segundo tempo.

Aos 27, Cassiano meteu uma bola na trave. Ele recebeu a bola livre de marcação, quase na pequena área, e mandou no poste. Minutos depois, foi a vez de Leandro Leite, que mandou na trave e o Coelho contou com o bom reflexo de João Ricardo para salvar.

Aos 33, Juninho recebeu a bola na frente, ficou cara a cara com João Ricardo, mas finalizou mal e viu a bola sair pelo lado, mas tirando tinta da trave. O ex-goleiro Clemer e atual técnico do Brasil levou as mãos à cabeça e lamentou os três gols perdidos na cara.

Enquanto o comandante adversário lamentava, o mineiro arrumava uma maneira de sua equipe ser melhor em campo. O meia Renan Oliveira, já desgastado e com pouca criatividade, deu lugar a Neto Moura, na tentativa de algo melhor. Mas tem as mudanças de Enderson deram efeito e o empate foi o resultado final.

FICHA TÉCNICA

BRASIL DE PELOTAS 0 X 0 AMÉRICA-MG

Local: Estádio Bento de Frentas, em Pelotas (RS)

Data: 17 de outubro de 2017, terça-feira

Horário: 20h30 (Brasília)

Árbitro: Paulo Volkopf (MS)

Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Daiane Caroline Muniz dos Santos (MS)

Cartões: Leandro Leite, Nirley, João Afonso (Brasil de Pelotas); Rafael Lima, Zé Ricardo (América)

BRASIL DE PELOTAS: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Nirley e Breno; Leandro Leite, Elias (Cassiano), João Afonso e Lincom; Calyson e Misael.

Técnico: Clemer

AMÉRICA: João Ricardo; Norberto, Messias, Rafael Lima e Ernandes; Zé Ricardo, Juninho, Renan Oliveira (Neto Moura) e Matheusinho (Felipe Amorim); Luan e Bill (Edno).

Técnico: Enderson Moreira.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade