1 evento ao vivo

Bragantino derrota Ponte Preta e lidera o Grupo C do Paulista

3 fev 2019
21h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Neste domingo, o Bragantino venceu a Ponte Preta por 2 a 1, pela quinta rodada do Campeonato Paulista, no estádio Nabi Abi Chedid, com dois gols de Wesley. Reginaldo descontou Com o resultado, o Massa-Bruta é o líder do Grupo C, com oito pontos conquistados, seguido da Ferroviária, que tem sete. O Corinthians, é o terceiro colocado, com a mesma pontuação do time de Araraquara, mas com saldo inferior.

Já a Ponte perdeu a oportunidade de entrar no grupo de classificação para a próxima fase. O Red Bull Brasil é o segundo colocado do Grupo A.

Na próxima rodada, o time de Bragança pega o Palmeiras, no Allianz Parque, em jogo marcado para a segunda-feira, dia 11, às 20h00 (horário de Brasília). A Macaca receberá o São Paulo, no sábado.

O jogo - Aos dois minutos, o Braga assustou com Matheus Peixoto, que girou e bateu no gol. A bola foi pela linha de fundo. Rapidamente, a Ponte Preta respondeu. Após cobrança de escanteio, Renan Fonseca cabeceou na segunda trave e testou firme. Edson chegou atrasado e não conseguiu completar.

A primeira grande chance do jogo foi do Massa-Bruta. Itaqui fez cruzamento na cabeça de Wesley, que parou em linda defesa do goleiro Ivan, salvando a Macaca.

Melhor no duelo, o Bragantino conseguiu sair na frente. Em contra-ataque fulminante, Wesley saiu em velocidade, acionou Esquerdinha, que serviu Matheus Peixoto. O centroavante mostrou o fato de gol, contou com desvio de Reginaldo e abriu o placar.

Até o final do primeiro tempo, o time conseguiu segurar bem o ímpeto da Macaca, e de forma merecida vencia por 1 a 0.

Na volta para o segundo tempo, a Ponte Preta voltou ligeiramente melhor. Gerson Magrão cruzou rasteiro da esquerda, Matheus Oliveira se antecipa a Alex Alves e desviou para fora.

A equipe de Campinas seguiu tentando. Gerson Magrão ficou com a sobra, dominou no peito e mandou um canhão, mas pela linha de fundo. Em sua primeira participação, Maryelson recebeu de Thalles em boas condições de finalizar, mas o chute saiu torto.

Aos 37 minutos, o Bragantino ampliou. Maryelson é desarmado na intermediária, Rafael Chorão lançou Wesley, que mandou para as redes. Ainda não desistindo, a Ponte descontou. Magrão cobrou escanteio, e Reginaldo descontou de cabeça já nos acréscimos.

Veja também:

Diego Maradona morre aos 60 anos vítima de ataque cardíaco
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade