1 evento ao vivo

Botafogo bate Bragantino e deixa zona de rebaixamento do Paulistão

Em Ribeirão Preto, time da casa faz 2 a 1 e chega aos sete pontos na competição

8 mar 2019
22h41
atualizado às 22h41
  • separator
  • comentários

O Botafogo voltou a reencontrar o caminho da vitória e respirou na luta contra o rebaixamento, nesta sexta-feira, ao bater o Bragantino por 2 a 1, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, na abertura da décima rodada do Campeonato Paulista.

Ao encerrar uma sequência de quatro derrotas, o Botafogo chegou aos sete pontos e deixou a zona de rebaixamento. O time, porém, pode ser ultrapassado pelo São Caetano na segunda-feira. Já o Bragantino estacionou nos dez e segue na terceira colocação do Grupo C.

Só a vitória interessava ao Botafogo, que partiu desde o início para cima do Bragantino e foi criando chance em sequência. Em uma das melhores oportunidades, Erik Luis recebeu dentro da área e mandou na rede pelo lado de fora. Quando parecia que o primeiro tempo terminaria sem gols, o placar foi aberto.

Aos 44 minutos, Pará cobrou escanteio e a bola sobrou para Rafael Costa. Na marca do pênalti, o atacante finalizou de primeira. Naylhor deu um leve desvio e tirou o goleiro Alex Alves. Os jogadores do Bragantino pediram impedimento. O gol, porém, foi validado para festa dos botafoguenses.

O Botafogo voltou desligado do intervalo e pagou o preço logo aos cinco minutos. Vitinho cobrou escanteio e Léo Rigo subiu livre para cabecear e deixar tudo igual. A bola ainda bateu na trave antes de entrar. Aos 12 minutos, porém, o time da casa ficou na frente de novo. Rafael Costa aproveitou escanteio cobrado por Pará e cabeceou cruzado e no canto.

Atrás do placar, o Bragantino esboçou uma pressão, mas abusava dos cruzamentos e facilitava a vida dos zagueiros. O Botafogo não conseguia segurar a bola no ataque e se preocupava apenas em marcar. O torcedor sofreu até o fim, mas comemorou a segunda vitória no Paulistão.

O Botafogo volta a campo no dia 17, contra o Mirassol, às 19 horas, no José Maria de Campos Maia, em Mirassol, enquanto o Bragantino recebe o Ituano, na próxima sexta-feira, às 17 horas, no Nabi Abi Chedid. Os jogos são válidos pela penúltima rodada.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 2 X 1 BRAGANTINO

BOTAFOGO - Darley; Bruno José (Ednei), Plínio, Naylhor e Pará; Willian Oliveira, Marlon Freitas e Nadson; Erik Luis (Pimentinha), Felipe Saraiva e Rafael Costa (Bruno Moraes). Técnico: Roberto Cavalo.

BRAGANTINO - Alex Alves; Buiú, Lázaro, Léo Rigo e Acácio; Renan Paulino, Klauber, Vitinho, Rafael Chorão e Wesley; Matheus Peixoto (Jardel). Técnico: Marcelo Veiga.

GOLS - Naylhor aos 44 minutos do primeiro tempo; Léo Rigo, aos cinco, e Rafael Costa, aos 12 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Salim Fende Chávez.

CARTÕES AMARELOS - Felipe Saraiva (Botafogo); Wesley (Bragantino).

RENDA - R$ 70.390,00.

PÚBLICO - 5.210 (total).

LOCAL - Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade