PUBLICIDADE
Logo do

Botafogo

Meu time

Categoria de base será valorizada pelo Botafogo em 2022

8 jan 2022 15h44
| atualizado às 15h44
ver comentários
Publicidade

O Botafogo de 2022 tem rostos novos. O clube carioca promoveu jovens atletas ao grupo principal neste início de pré-temporada. São talentos que vêm chamando atenção e agora têm oportunidade de mostrar serviço ao técnico Enderson Moreira.

O diretor do Botafogo, Eduardo Freeland, destacou a chance dada aos jovens e como o Fogão pode colher frutos deste trabalho.

"O Botafogo na sua essência tem no DNA o aproveitamento dos jogadores da base, sempre foi assim. E entendemos que temos que permanecer com esse trabalho, porque além de dar retorno técnico e competitivo, traz algo que o clube tanto precisa também, que é o retorno financeiro, caso haja alguma negociação. Vimos muita qualidade no que acompanhamos em toda a base, acompanhamos o sub-20 mais de perto e vimos que alguns se destacaram para fazer a pré-temporada e poder conhecê-los melhor. O Enderson também poder conhecer e analisá-los para potencializar ainda mais a participação desses meninos no profissional", destacou o diretor à Botafogo TV.

O goleiro Igo Gabriel, o lateral-direito Vitor Marinho, o meia Juninho e os atacantes Vitinho, Rikelmi e Gabriel Conceição são os jovens que vêm trabalhando com elenco principal do Botafogo. Eles se juntam a outros jovens jogadores do clube carioca.

"Esses novos jogadores que estão integrando o profissional ainda ganham uma vantagem: são recebidos por outros atletas que estavam na base há pouquíssimo tempo e a adaptação se torna muito mais fácil. Vimos o Matheus Nascimento recebendo o Juninho, o Rikelmi, acreditamos que isso facilite a adaptação ao profissional para que eles possam desempenhar o melhor potencial", acrescentou Freeland.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade