PUBLICIDADE
Logo do

Botafogo

Favoritar Time

Botafogo reverencia Nilton Santos, que completaria 97 anos nesta segunda; ídolo ganhará cinebiografia

Documentário será dirigido por Antônio Bento Ferraz e a produção executiva ficará por conta de Hanna Santos, neta e curadora do acervo do lendário ex-jogador: 'A Enciclopédia'

17 mai 2022 02h10
| atualizado às 02h10
ver comentários
Publicidade

O Botafogo homenageou um dos maiores ídolos de sua história: Nilton Santos, que completaria 97 anos nesta segunda-feira. A história da inesquecível "Enciclopédia do Futebol" ganhará as telas dos cinemas com uma cinebiografia prevista para 2023. A informação foi inicialmente divulgada pelo "Blog do Ancelmo Gois", do jornal "O Globo" e confirmada pelo Lance!

Nilton Santos, eterno ídolo do Botafogo, ganhará uma cinebiografia (Foto: Reprodução/Twitter Botafogo)
Nilton Santos, eterno ídolo do Botafogo, ganhará uma cinebiografia (Foto: Reprodução/Twitter Botafogo)
Foto: Lance!

O documentário será dirigido por Antônio Bento Ferraz, que esteve à frente da série "Acesso Total - Botafogo", que divulgou a campanha do Glorioso na conquista da última edição da Série B. Além dele, a produção executiva da obra ficará por conta de Hanna Santos, neta e curadora do acervo de Nilton Santos.

- Iremos contar a trajetória dele (Nilton Santos) dentro e fora dos campos. Vai ser a história da vida dele. Desde o início, como ele começou a jogar bola. Não queria fazer comparações, mas será estilo o filme do Heleno. Até mesmo posso comparar com "Dois filhos de Francisco (filme sobre a história da dupla sertaneja Zezé Di Camargo e Luciano). A pegada é essa: a vida pessoal dele (Nilton) misturada com a carreira dele no futebol. A história dele mesmo dentro e fora dos campos, desde quando ele nasceu até o último dia de vida dele - explicou Hanna, com exclusividade ao Lance!

A data de aniversário do ídolo - 16 de maio - tornou-se o dia do Botafogo e o eterno craque foi imortalizado com o nome no Estádio em que a equipe joga. Na última semana, Hanna foi entrevistada pelo Lance! e contou que está vendendo uma foto dupla do ex-jogador. O objeto é um dos últimos do acervo e uma das imagens está autografada.

Com a camisa do Botafogo e da Seleção Brasileira, o eterno lateral-esquerdo tornou-se um dos maiores atletas de todos os tempos, sendo eleito pela FIFA como o maior da sua posição. Pelo Brasil, disputou as Copas de 1950, 1954, 1958 e 1962, sendo bicampeão nas duas últimas.

O ex-jogador ganhou o apelido "Enciclopédia" por demonstrar amplo conhecimento acerca do futebol. Com a bola nos pés, foi o precursor nas subidas ao ataque, mostrando que um lateral também poderia ter características ofensivas.

Pelo Glorioso, Nilton Santos conquistou diversos títulos como Torneio Rio-São Paulo (1962 e 1964), Campeonato Carioca (1948, 1957, 1961 e 1962), Torneio Jubileu de Ouro da Associação de Futebol de La Paz (1964), entre outras competições.

Vale destacar que além de Nilton Santos, outros dois grandes ídolos da história do Botafogo já tiveram suas trajetórias contadas no cinema: Garrincha e Heleno de Freitas.

Lance!
Publicidade
Publicidade