3 eventos ao vivo

Botafogo minimiza irregularidade do Grêmio, próximo adversário no Brasileirão

10 jun 2019
16h16
atualizado às 16h16
  • separator
  • 0
  • comentários

O Botafogo faz seu último jogo antes do recesso do Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa América nesta quarta-feira, quando recebe o Grêmio, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), a partir das 19h15 (de Brasília), pela nona rodada. O Alvinegro, embalado pela vitória de 2 a 1 sobre o CSA, de virada, em Maceió (AL), soma 15 pontos e defende permanência na zona de classificação para a Copa Libertadores. Já o Tricolor gaúcho, com oito pontos, vem de triunfo sobre o Fortaleza, em casa, mas faz campanha muito irregular, flertando com a zona de rebaixamento.

Barroca começa a esboçar equipe para próxima rodada (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

O momento irregular dos gremistas não anima os botafoguenses. "Não podemos projetar um jogo pela posição dos times na tabela de classificação, ainda mais em se tratando do Grêmio, que pode ser sempre considerado um rival muito perigoso. Sabemos que vamos encontrar dificuldades", disse o volante Alex Santana.

O atacante Erik concorda. "A posição do Grêmio na tabela de classificação não condiz com a realidade do time e com sua qualidade. Eles ganharam o último jogo e chegam embalados. Teremos problemas", analisou o atacante.

Como a segunda-feira foi de trabalho regenerativo, apenas nesta terça-feira, em treino previsto para a parte da tarde, que o técnico Eduardo Barroca começa a projetar a escalação para o duelo com o Grêmio. Ele deve repetir a formação que bateu o CSA. O atacante Rodrigo Pimpão, que entrou no segundo tempo contra os alagoanos e foi advertido com o terceiro cartão amarelo, cumpre suspensão.

Fora de campo o Botafogo chegou a um acordo de dois anos com a Kappa para que ela seja a nova fornecedora de material esportivo do clube. A empresa italiana, que vestiu o Glorioso entre os anos de 2004 e 2009, durante a gestão de Bebeto de Freitas, retorna para ocupar o espaço deixado pela a Topper. Porém, o novo acordo só começa a vigorar em agosto. O lançamento dos novos uniformes acontecerão apenas depois da Copa América.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade