PUBLICIDADE
Logo do

Botafogo

Meu time

Botafogo é multado por conduta discriminatória da torcida contra assistente

Fato aconteceu no jogo com o Brusque pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B; clube carioca terá de pagar R$ 10 mil

29 nov 2021 20h40
| atualizado às 20h40
ver comentários
Publicidade

O Botafogo foi multado em R$ 10 mil pela conduta discriminatória de parte da torcida contra a auxiliar Katiúscia Mendonça, na partida contra o Brusque, realizada em 20 de outubro, no Engenhão, pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, o time carioca venceu por 3 a 0.

A decisão foi anunciada nesta segunda-feira pela Primeira Comissão Disciplinar do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). O Botafogo foi enquadrado no artigo 243-G: "Praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência."

A denúncia partiu da Procuradoria após o árbitro relatar em súmula as ofensas sofridas pela assistente Katiúscia Mendonça. "Ao sair do campo do jogo no intervalo da partida a torcida da equipe mandante gritou em direção a assistente Katiuscia Mendonça repetidas vezes a palavra ''p*, p*, p*'. Ao término da partida, o presidente do Botafogo FR, senhor Durcésio Mello, se dirigiu até a assistente com um pedido formal de desculpas através de uma carta relatando que o Botafogo FR não compactua das ofensas proferidas pelos torcedores", disse.

Como a punição foi branda e o Botafogo não compactua com o que foi dito por seus torcedores, a tendência é que o clube não entre com recurso da punição imposta pelo STJD.

SÉRIE B

O Botafogo se sagrou campeão da Série B, com 70 pontos. Além do título, o time carioca conquistou o acesso à elite do futebol nacional, junto com Goiás, Coritiba e Avaí.

Estadão
Publicidade
Publicidade