PUBLICIDADE
Logo do

Botafogo

Favoritar Time

Botafogo aciona órgãos públicos na busca por esclarecimentos sobre agressão a torcedores do clube

Torcedores foram vítimas de ataques nos trens da Supervia, no ramal de Japeri, na altura de estação Oswaldo Cruz, às 21h30. Glorioso emitiu uma nota em que repudia tais atos

17 mai 2022 02h10
| atualizado às 02h10
ver comentários
Publicidade

Após a vitória do Botafogo sobre o Fortaleza, no Nilton Santos, que colocou o clube carioca no G4 do Brasileirão, alguns torcedores foram vítimas de ataques e agressões nos trens da Supervia, no ramal de Japeri. Com isso, o Glorioso emitiu uma nota em que afirmou buscar esclarecimentos sobre o ocorrido e repudia tais atos.

Torcedores do Botafogo foram agredidos após vitória sobre o Fortaleza (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Torcedores do Botafogo foram agredidos após vitória sobre o Fortaleza (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Foto: Lance!

O episódio aconteceu na estação Oswaldo Cruz, por volta das 21h30, quando cerca de cinco a 10 jovens arremessaram pedras dentro do vagão. De acordo com algumas testemunhas, um dos agressores estava com a camisa do Flamengo, sendo que um deles chegou a mostrar uma arma.

Segundo as testemunhas, o vagão estava com crianças, idosos e torcedores comuns, com nenhuma concentração de torcida organizada. Com as agressões, Hênio Hugo, de 29 anos, torcedor do Alvinegro e jogador de futebol americano, teve o maxilar fraturado,

segundo informações do portal "GE".

Uma mulher também se machucou no local com um ferimento profundo na testa, na região do supercílio, além de outras duas pessoas que também ficaram feridas. O ataque se encerrou quando torcedores conseguiram sair do trem para confrontar os agressores.

Esse não foi o primeiro episódio nesta semana em que torcedores do Botafogo foram encurralados em um vagão de trem. Na última quinta-feira, depois do triunfo sobre o Ceilândia, que classificou o Glorioso para a próxima fase da Copa do Brasil, botafoguenses foram atacados por volta da 0h, perto da da estação Vila Militar. A informação foi inicialmente divulgada pelo "Ge".

Confira a nota do Botafogo na íntegra

O Botafogo acionou os órgãos públicos na busca por esclarecimentos em decorrência dos episódios de violência provocados por torcedores rivais nos trens da Supervia, após a última partida.

O Clube repudia os atos e não medirá esforços para buscar a segurança dos alvinegros.

Lance!
Publicidade
Publicidade