PUBLICIDADE

Borges compra cota para ajudar ex-clube: 'Situação precisa ser revertida com urgência'

Atacante foi destaque no clube que já esteve na Libertadores, mas agora passa por grave crise financeira

21 mai 2022 16h30
ver comentários
Publicidade
Borges está ajudando o Paraná Clube, onde foi destaque em 2005 (Foto: Reprodução/Record/Terceiro Tempo)
Borges está ajudando o Paraná Clube, onde foi destaque em 2005 (Foto: Reprodução/Record/Terceiro Tempo)
Foto: Lance!

O ex-atacante Borges, que teve passagem por Grêmio, São Paulo, Santos e Cruzeiro, está ajudando financeiramente o Paraná, time defendido por ele em 2005. O clube, que já chegou a jogar a elite do Brasileirão e a Libertadores da América passa por uma grave crise financeira e recentemente foi rebaixado no estadual.

O ex-jogador de 41 anos comprou uma cota de R$ 12 mil para ajudar o clube a honrar com a folha salarial e as premiações do Paraná Clube para 2022. O objetivo dos gestores é arrecadar R$ 2,4 milhões. Até o momento, a vaquinha conseguiu R$ 278 mil.

Em 2005, Borges foi vice-artilheiro do Brasileirão com 19 gols em 35 partidas. O clube paranaense ficou na 7º colocação da elite brasileira naquele ano.

- O Paraná foi o lugar onde cheguei e tudo deu certo. Desde quando vesti essa camisa na estreia, tudo aqui aconteceu muito rápido, fui muito feliz, fiquei próximo de ser artilheiro daquele campeonato. O Paraná me projetou para o cenário nacional. Sou muito grato ao Paraná - disse Borges, ao 'ge'.

Borges conquistou a Libertadores pelo Santos em 2011 (Foto: Lancepress!)
Borges conquistou a Libertadores pelo Santos em 2011 (Foto: Lancepress!)
Foto: Lance!

Depois daquela temporada, Borges jogou nos grandes times brasileiros conquistando 4 brasileiros, dois com o Cruzeiro e dois com o São Paulo, além de uma libertadores em 2011, com o Santos.

- O Paraná chegou a uma situação que precisa ser revertida com urgência. Fiz de tudo para participar deste momento, porque não é fácil a situação que o clube está. Quero estar aqui em setembro para comemorar o acesso à Série C - completou.

Lance!
Publicidade
Publicidade