0
NBA

Raptors vencem Bucks e pela 1ª vez NBA terá final no Canadá

Toronto Raptors carimbou a vaga inédita na decisão do melhor basquete do mundo ao vencer o Milwaukee Bucks por 100 a 94

26 mai 2019
00h27
atualizado às 10h27
  • separator
  • 0
  • comentários

Pela primeira vez na história, as finais da NBA serão disputadas no Canadá. Na noite deste sábado, o Toronto Raptors carimbou a vaga inédita na decisão do melhor basquete do mundo ao vencer o Milwaukee Bucks por 100 a 94 em Toronto, fechando a série em 4 a 2 depois de perder os dois primeiros jogos.

Toronto Raptors vencem Milwaukee Bucks e vão à final da NBA
Toronto Raptors vencem Milwaukee Bucks e vão à final da NBA
Foto: John E. Sokolowski-USA TODAY Sports / Reuters

Os grandes nomes da noite não poderiam ser outros: Kawhi Leonard e Giannis Antetokounmpo. O craque de Toronto comandou a vitória com 27 pontos, 17 rebotes e sete assistências.  Do outro lado, o grego, candidato a MVP da temporada, foi importante na defesa e ainda saiu de quadra com 21 pontos e 11 rebotes, mas não conseguiu evitar a eliminação.

Classificados depois de impor quatro derrotas seguidas aos Bucks pela primeira vez na temporada, os Raptors enfrentam o Golden State Warriors, que eliminou o Portland Trail Blazers por 4 a 0. O primeiro jogo das finais da NBA será nesta quinta-feira, às 22 horas (de Brasília), em Toronto.

Milwaukee abre vantagem nos primeiros quartos

O primeiro quarto foi marcado pela irregularidade. Com seis minutos de disputa, os Bucks abriram oito pontos de vantagem (14 a 6), mas os Raptors apagaram a vantagem em dois minutos e empataram o jogo em 16 a 16. Nos últimos quatro minutos, porém, o time da casa só marcou mais dois pontos e viu os visitantes abrirem larga vantagem novamente, desta vez de 13 pontos em 31 a 18.

O panorama do jogo mudou no segundo quarto graças a uma reação do Toronto comandada por Fred VanVleet. O armador saiu do banco e contribuiu com nove pontos em três bolas de três, mantendo o bom desempenho nos playoffs. Ao todo, os Raptors marcaram 25 pontos, limitaram os Bucks a apenas 19 e diminuíram a vantagem para sete pontos: 50 a 43.

A chave para Milwaukee abrir vantagem no primeiro tempo foi o número de rebotes. Os Bucks pegaram 25 rebotes nos dois primeiros quartos, enquanto Toronto conseguiu apenas 13. Além disso, o time visitante conseguiu limitar Kawhi a apenas nove pontos, desempenho abaixo da média do craque nos playoffs.

Kawhi comanda virada de Toronto

No terceiro quarto, os Bucks tentaram garantir a vitória para levar a série para Milwaukee e abriram 15 pontos de vantagem com dois minutos restantes. No entanto, Kawhi Leaonard pegou cinco rebotes e marcou oito pontos até o final da parcial, comandando uma reação fulminante dos Raptors, que encurtaram a diferença para apenas cinco pontos em 76 a 71.

Na parcial decisiva, os Raptors precisaram de um minuto e meio para empatar o jogo com enterrada de Ibaka e virar após mais 40 segundos. Aproveitando o momento psicológico favorável, o time canadense chegou a abrir oito pontos de diferença. Porém os Bucks não se deram por vencidos. Perdido em quadra até então, o time de Milwaukee reagiu e diminuiu a diferença para apenas um ponto com quatro minutos e meio restantes.

A reação, no entanto, não se concretizou. Os Raptors aumentaram a vantagem para cinco pontos com dois minutos no cronômetro e se mantiveram à frente, vencendo por 100 a 94 com lances livres de Pascal Siakam e Kawhi Leonard garantindo o resultado.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade