1 evento ao vivo
NBA

Nem novo recorde de mortes nos EUA por covid-19 paralisa NBA

Por bem menos, temporada 2019-2020 foi suspensa em março do ano passado

13 jan 2021
15h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Mais de 4.300 mortes de covid-19 apenas em 12 de janeiro. O recorde nos EUA de óbitos num só dia, devido à pandemia, e que vem sendo quebrado com frequência, não foi suficiente para que os responsáveis pela NBA suspendessem a atual temporada, embora essa medida ainda não esteja totalmente fora de pauta.

Para efeito de comparação, a paralisação na temporada passada se deu em 11 de março. Um mês depois, os Estados Unidos atingiam a incrível marca de 2.700 mortes diárias causadas pelo novo coronavírus e, na oportunidade, nem sequer se cogitava da volta da competição.

NBA criou uma bolha em um complexo da Disney, na Flórida, para a temporada 2019-2020
NBA criou uma bolha em um complexo da Disney, na Flórida, para a temporada 2019-2020
Foto: Divulgação/NBA

O que prevaleceu lá atrás foi a decisão de a disputa seguir numa “bolha”, sem viagens e assim com risco bem menor de disseminação do vírus. A redoma foi erguida num resort dentro do complexo da Disney, em Orlando, na Flórida, com investimentos de quase 1 bilhão de reais.

Os jogos foram retomados nesse local em 30 de julho. A bolha abrigou 22 equipes.

Agora, desde o início da temporada 2020-2021 em dezembro, seis partidas já tiveram de ser suspensas por causa da contaminação do coronavírus em atletas. Esses surtos estão se espalhando entre as equipes de forma acelerada nos últimos dias.

A Vivo é a operadora oficial da NBA no Brasil. Você pode assistir jogos ao vivo e ter acesso aos conteúdos exclusivos por um preço especial para cliente Vivo assinando o Vivo NBA League Pass por apenas R$19,99/mês. Clique aqui (https://bit.ly/nba-2021) e saiba mais.

 

Veja também:

Veja onde estão 24 andarilhos no futebol brasileiro
Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade