PUBLICIDADE

Luta pelo "play-in" movimenta parte intermediária da tabela

Equipes que terminarem entre a 7ª e a 10ª posição em suas respectivas conferências vão ter direito a uma repescagem

29 abr 2021 17h11
ver comentários
Publicidade

Pelo segundo ano consecutivo a NBA decidiu aplicar o “play-in” para a definição dos que vão avançar à segunda fase da competição. Trata-se de um torneio paralelo e rápido que reunirá as equipes que terminarem a temporada regular entre a 7ª e a 10ª posição de suas respectivas conferências.

Jimmy Butler é uma das apostas do Miami Heat para a reta final da fase regular
Jimmy Butler é uma das apostas do Miami Heat para a reta final da fase regular
Foto: Kim Klement-USA TODAY Sports / Reuters

O sétimo melhor de cada grupo enfrentará quem vem logo atrás, o 8º. Quem vencer esse confronto em jogo único já estará nos playoffs. O perdedor vai ter mais uma chance, pois atuará contra o vencedor do duelo entre 9º e 10º. Por fim, quem se sair melhor nessa partida preenche a última vaga da conferência.

Na oeste, hoje, estariam no “play-in” Portland Trail Blazers (7º), Memphis Grizzlies (8º), San Antonio Spurs (9º) e Golden State Warriors (10º). Dificilmente o New Orleans Pelicans, em 11º, deve conseguir se aproximar desses rivais.

Já na leste, a disputa é mais equilibrada. O Miami Heat é o sétimo, o Charlotte Hornets, o oitavo. Em nono está o Indiana Pacers e em décimo, o Washington Wizards. Mas o Chicago Bulls e o Toronto Raptors estão ali por perto, na briga por uma vaga.

A Vivo é a operadora oficial da NBA no Brasil. Você pode assistir jogos ao vivo e ter acesso aos conteúdos exclusivos por um preço especial para cliente Vivo assinando o Vivo NBA League Pass por apenas R$19,99/mês. Clique aqui (https://bit.ly/nba-2021) e saiba mais.

 

Papo de Arena
Publicidade
Publicidade