0
NBA

Doc Rivers: "Pontuação de Ben Simmons não me preocupa"

Ineficiência do armador em ser ameaça ofensiva, especialmente em arremessos, tem sido minimizada por técnico do Sixers

8 abr 2021
16h29
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A dificuldade de Ben Simmons como arremessador passa longe de ser segredo para os torcedores e analistas da liga. Mas, na atual temporada, o problema do astro parece ter evoluído e tomado um novo patamar: ele vem registrando sua pior média de pontos na carreira, com o aproveitamento de arremessos de quadra retrocedendo para o nível da temporada de calouro. A capacidade de pontuação de Simmons preocupa muita gente, mas o técnico do Philadelphia 76ers, Doc Rivers, se diz bastante tranquilo.

Ben Simmons, armador do Sixers
Ben Simmons, armador do Sixers
Foto: David Dow/AFP / Jumper Brasil

"A verdade é que Ben faz muitas coisas em quadra que ajudam o nosso time a vencer. O seu impacto vai muito além de pontuar. Acho que vocês estão bem mais preocupados do que eu com essa questão. A capacidade de pontuação, na verdade, é a coisa que menos me preocupa em relação ao seu estilo de jogo. Não é uma preocupação, definitivamente, para mim", afirmou o experiente treinador, em entrevista após a derrota do Sixers para o Memphis Grizzlies, no último fim de semana.

As dúvidas relacionadas ao poder ofensivo de Simmons cresceram com as suas tímidas atuações recentes. Ele possui média de 15.2 pontos na atual campanha, mas não atingiu a marca nos últimos sete jogos - incluindo três partidas com dígitos simples no quesito. O armador também não consegue atingir suas 7.2 assistências por noite nos últimos seis duelos do Sixers. Rivers admite que o jogador de 24 anos tem recursos a serem trabalhados, como qualquer jovem, mas nada que "tire o seu sono".

"Eu acho que Ben é um facilitador. Isso é o que ele faz em quadra, seu instinto natural. É claro que pode melhorar em alguns quesitos. Cometemos muitos erros em transição, por exemplo. Ele precisa ler com mais cuidado quando há espaço para as infiltrações - atacar para pontuar - e quando não há - atacar para criar para os companheiros. Nós estamos passando muito tempo estudando vídeos ao seu lado, inclusive, buscando tal melhora", revelou o confiante técnico.

Além da média de pontos, a marca de assistências por partida de Simmons também é a menor de suas quatro temporadas na NBA. Ele ainda pega 7.8 rebotes e registra 1.5 roubos de bola atuando pouco mais de 33 minutos por noite nessa campanha.

Veja também:

LANCE! mostra 20 feras sul-americanas que valem investimento
Jumper Brasil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade