0

Jefferson se destaca e NBB Brasil bate NBB Mundo no Jogos das Estrelas

Pelo placar de 144 a 92, jogo festivo realizado em Franca premia jogador do Bauru pela primeira vez

9 fev 2019
17h15
atualizado às 18h12
  • separator
  • comentários

Pela quarta vez o tradicional Ginásio Pedrocão, em Franca, foi palco do Jogo das Estrelas do NBB, neste sábado. E, mais uma vez, a equipe dos brasileiros do NBB Brasil levou a melhor sobre o time do NBB Mundo, formado por atletas estrangeiros que disputam a Liga Nacional de Basquete (LNB), e aumentou a vantagem nesse confronto para seis vitórias e três derrotas: 144 x 92. Com 28 pontos e 11 rebotes, Jefferson (Bauru) foi eleito pela primeira vez em sua carreira MVP do confronto. O ala foi um dos jogadores convocados de última hora por conta da ausência de jogadores do Flamengo.

Logo na apresentação dos jogadores para o público foi possível ver como a cidade de Franca, conhecida como capital nacional do basquete, vive intensamente os jogos, mesmo em partidas festivas. Diversos jogadores que têm alguma rivalidade com a cidade foram muito vaiados, como nos casos de Leandrinho (Minas), Yago (Paulistano) e o próprio Jefferson.

Pela terceira temporada seguida, o intervalo da partida também teve uma atração especial. Depois de shows de Jota Quest, em 2017, e de Thiaguinho, no ano passado, a banda Atitude 67 levantou o público com sucessos como "Cerveja de Garrafa" e "Saideira" enquanto os atletas descansavam.

O Jogo das Estrelas mais uma vez foi dividido em dois dias. Na sexta-feira, teve a vitória brasileira no duelo entre atletas sub-23 das ligas do Brasil e da Argentina, por 91 a 78. Lucas Dias (Franca) ganhou o torneio de habilidades, Felipe Vezaro (Joinville) levou o prêmio no torneio de bolas de 3 e Mogi (Botafogo) ficou com o primeiro lugar no torneio de enterradas.

O JOGO

A equipe do NBB Brasil começou o jogo com JP Batista (Mogi das Cruzes), Lucas Dias (Franca), Léo Meindl (Franca), Didi (Franca) e Cauê Borges (Botafogo). Já o NBB Mundo teve Graterol (Brasília), Jamaal (Botafogo), David Jackson (Franca), Shamell (Mogi) e Kyle Fuller (Corinthians). E o primeiro quarto teve domínio absoluto dos atletas brasileiros: 39 a 16. O grande destaque foi o atleta da casa Lucas Dias, que marcou 11 pontos e ainda pegou dois rebotes.

Já no segundo quarto, o equilíbrio foi maior: 25 a 22 para o NBB Brasil. Único jogador presente em todas as 11 edições do torneio, Shamell foi o maior marcador do período com 8 pontos e tentou evitar que o placar se distanciasse muito.

No terceiro quarto, a rivalidade ficou de lado e os francanos comemoraram um lance de um atleta do Bauru. A 38 segundos do fim, Alex acertou um arremesso de 3 pontos e fez o time dos brasileiros ultrapassar os 100 pontos. A cesta garantiu para todo público presente um lanche de uma empresa que estava patrocinando o evento. A parcial do quarto foi 37 a 26 para os jogadores nascidos no País.

No último quarto, mais uma boa atuação do NBB Brasil: 43 a 28. COm a vitória já garantida um lance em especial ficou marcado. O técnico Helinho, ícone na cidade de Franca como jogador e agora como treinador, interceptou um passe e acabou tentando um chute. Apesar do erro, a atitude arrancou risos e aplausos dos torcedores presentes.

DESFALQUES

Um dia antes da partida principal do Jogo da Estrelas, cinco jogadores do Flamengo que participariam da partida (Anderson Varejão, Marquinhos e Olivinha, Franco Balbi e David Nesbitt), além do técnico Gustavo Conti, desistiram do evento após o incêndio que deixou dez mortos e três pessoas feridas, uma delas em estado grave, no Centro de Treinamento do clube carioca, em Vargem Grande, zona oeste do Rio, na madrugada desta sexta-feira.

Confira a relação de todos os jogadores que participaram do Jogo das Estrelas:

NBB Brasil - Alex Garcia (Bauru), Leandrinho (Minas), Yago Mateus (Paulistano), Gegê (Minas), Cauê Borges (Botafogo), Didi (Franca), Léo Meindl (Franca), Lucas Dias (Franca) Jefferson (Bauru), Jimmy (Franca), Lucas Cipolini (Franca) e JP Batista (Mogi das Cruzes). Técnico: Helinho (Franca).

NBB Mundo - Shamell (Mogi), Kyle Fuller (Corinthians), David Jackson (Franca), Kenny Dawkins (Pinheiros), Jamaal (Botafogo), Bennett (Pinheiros), Zach Graham (Brasília), Enzo Ruiz (Bauru), Dominique Coleman (Minas), Sahdi (São José), Ware (Pinheiros) e Windi Graterol (Brasília). Técnico: Léo Figueró (Botafogo).

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade