PUBLICIDADE

Grizzlies contam com inspiração de Ja Morant para superar os Bulls; Lakers derrotam Jazz

Rodada foi realizada no dia de Martin Luther King, feriado nacional nos Estados Unidos e uma data comemorada com pompas pela NBA

18 jan 2022 09h23
ver comentários
Publicidade

No dia de Martin Luther King, feriado nacional nos Estados Unidos e uma data comemorada com pompas pela NBA, o Memphis Grizzlies não teve problemas para passar por um desfalcado Chicago Bulls por 119 a 106, em Memphis, na rodada de segunda-feira da temporada regular. Com a vitória, o time da casa volta a vencer após derrota contra o Dallas Mavericks, que encerrou uma sequência de 11 resultados positivos, e passa a ocupar a terceira posição na Conferência Oeste.

Para os Grizzlies, destaque para Ja Morant e Desmond Bane, que foram os cestinhas da partida com 25 pontos cada. Do banco de reservas, Brandon Clarke contribuiu com 15 pontos e sete rebotes. "Foi um grande jogo para nós, especialmente vindo de uma derrota. Viramos a página e voltamos a vencer para iniciar uma nopva sequência", disse Morant.

Do lado dos Bulls, que não contaram com Alex Caruso, Lonzo Ball e Zach LaVine, destaque para DeMar DeRozan, que anotou 24 pontos e cinco assistências. Além do veterano, o ala Ayo Dosunmu contribuiu com um "double-double" (dois dígitos em dois fundamentos) de 15 pontos e 10 rebotes.

Apesar da quarta derrota consecutiva, os Bulls ainda ocupam a primeira colocação no Leste, com 27 vitórias em 42 partidas. Já os Grizzlies têm agora 31 triunfos em 46 jogos na temporada regular, na frente agora do Utah Jazz, somente atrás de Phoenix Suns e Golden State Warriors.

O time de Memphis pôde assumir o terceiro lugar do Oeste graças a mais uma noite inspirada de LeBron James, que ajudou o Los Angeles Lakers a vencer o Jazz por 101 a 95, em Los Angeles. O camisa 6 da franquia da Califórnia foi o cestinha da partida com 25 pontos. Ainda foram sete assistências e sete rebotes.

O jogo coletivo da equipe da casa também fez prevalecer em quadra. Russell Westbrook e Stanley Johnson anotaram 15 pontos cada. O armador, aliás, foi responsável por um dos lances mais bonitos do confronto. Apesar da derrota, vale destacar a excelente partida de Rudy Gobert pelo Jazz, que saiu do confronto com 19 pontos e 16 rebotes.

Melhor do Oeste e de toda a NBA, os Suns contaram com uma noite mágica de Devin Booker. O armador marcou incríveis 48 pontos e foi um dos responsáveis pela vitória da franquia do Arizona sobre o San Antonio Spurs por 121 a 107, no Texas. Chris Paul também realizou uma grande partida e anotou um "duplo-duplo" de 15 pontos e 12 assistências.

Estadão
Publicidade
Publicidade