PUBLICIDADE

Desfalcados, Pacers superam Warriors em jogo decidido na prorrogação; Suns vencem

Sem quatro titulares, time de Indianápolis vence duelo acirrado na prorrogação por 121 a 117

21 jan 2022 09h11
| atualizado às 09h12
ver comentários
Publicidade

O Indiana Pacers visitou o Golden State Warriors, no ginásio Chase Center, em San Francisco, pela rodada de quinta-feira da temporada regular da NBA, e venceu pelo placar de 121 a 117 em um duelo de muito equilíbrio, decidido apenas na prorrogação. O time de Indianápolis teve vários desfalques para a partida, não podendo contar com quatro titulares e havia jogado na noite anterior contra o Los Angeles Lakers. Mesmo assim, se superou e conquistou sua segunda vitória consecutiva pela primeira vez na temporada.

Os Pacers seguem em 13.° lugar na Conferência Leste com uma campanha de 17 vitórias e 29 derrotas, enquanto que os Warriors ocupam a segunda posição do Oeste com um recorde de 32 triunfos em 45 partidas, mas o sinal de alerta segue ligado com o sexto revés nos últimos 10 jogos.

O calouro Chris Duarte foi o maior pontuador dos Pacers com um total de 27 pontos, acompanhados de sete rebotes, três assistências e três roubos de bola. Justin Holiday (16 pontos e cinco rebotes) e Gogan Bitadze (13 pontos, nove rebotes e cinco assistências) também tiveram boas atuações, enquanto que Isaiah Jackson veio do banco de reservas para marcar 15 pontos, sete rebotes e três roubos.

"Golden State tem um time muito bom. Eles têm dois dos melhores jogadores (Stephen Curry e Klay Thompson), dois dos melhores arremessadores que já vi jogar, e penso que vir aqui e sair com uma vitória é uma enorme vitória para nós", afirmou Duarte.

Do outro lado, Stephen Curry foi o cestinha da noite com 39 pontos, além de oito assistências, seis bolas de três e cinco rebotes. Kevon Looney obteve um "double-double" (dois dígitos em dois fundamentos) de 13 pontos e 15 rebotes, acompanhados de três assistências e dois roubos.

Quem está à frente dos Warriors é o Phoenix Suns, que continua sua campanha dos sonhos com 35 vitórias e nove derrotas. Agora foi a vez de o Dallas Mavericks sentir a força de Devin Booker e companhia. Em Dallas, o time do Arizona fez 109 a 101, com uma arrancada de 22 a 6 no último quarto para conquistar o triunfo. Foram 14 trocas de liderança no equilibrado duelo, além de sete ocasiões de empates.

É a nona vitória seguida dos Suns sobre os Mavericks, a terceira apenas nesta temporada. Deandre Ayton não atuou, com problema no tornozelo, mas Devin Booker anotou 28 pontos, com cinco rebotes e seis assistências. Chris Paul, maior assistente da NBA, contribuiu com 20 pontos e 11 passes decisivos, além de não cometer nenhum erro.

Melhor defesa do mês de janeiro na NBA, os Mavericks interrompem uma sequência de quatro vitórias ao encarar o melhor ataque da liga neste mês. Luka Doncic ficou perto de um "triple-double" (dois dígitos em três fundamentos) com 28 pontos, oito rebotes e oito assistências, mas cometeu oito erros. Kristaps Porzingis contribuiu com 18 pontos e 11 rebotes.

Confira a rodada de quinta-feira da NBA

New York Knicks 91 x 102 New Orleans Pelicans

Dallas Mavericks 101 x 109 Phoenix Suns

Golden State Warriors 117 x 121 Indiana Pacers

Confira a rodada de sexta-feira da NBA

Charlotte Hornets x Oklahoma City Thunder

Orlando Magic x Los Angeles Lakers

Philadelphia 76ers x Los Angeles Clippers

Atlanta Hawks x Miami Heat

Boston Celtics x Portland Trail Blazers

Washington Wizards x Toronto Raptors

Milwaukee Bucks x Chicago Bulls

San Antonio Spurs x Brooklyn Nets

Denver Nuggets x Memphis Grizzlies

Utah Jazz x Detroit Pistons

Golden State Warriors x Houston Rockets

Estadão
Publicidade
Publicidade