0

Brasil bate a China de virada em amistoso de preparação para Mundial de Basquete

Com grandes atuações dos armadores Yago e Vitor Benite, equipe faz 90 a 84 na seleção da casa

23 ago 2019
13h14
  • separator
  • 0
  • comentários

A seleção brasileira masculina de basquete começou bem a última etapa de preparação para a disputa do Mundial da China, que começará no próximo dia 31. Nesta sexta-feira, o time comandado pelo técnico croata Aleksandar Petrovic fez o primeiro de dois amistosos contra os anfitriões do torneio e venceu de virada por 90 a 84 (42 a 43 no primeiro tempo), em Guangzhou, depois de chegar a ficar 12 pontos atrás no início do quarto período.

A vitória no amistoso veio com grandes atuações dos armadores Yago e Vitor Benite, do ala Leandrinho e do pivô Cristiano Felício, todos vindos do banco de reservas. Cestinha do jogo com 23 pontos, Benite liderou o quarteto que foi responsável por 65 pontos da seleção brasileira. O time que começou jogando foi: Marcelinho Huertas, Alex, Didi, Anderson Varejão e Bruno Caboclo.

Brasil bate chineses na preparação para o Mundial de Basquete
Brasil bate chineses na preparação para o Mundial de Basquete
Foto: Divulgação/CBB / Estadão

Os dois países voltam a se enfrentar neste domingo, na cidade de Wuhan, às 8h30 (de Brasília). Na sequência, o rival brasileiro será o Tong Xi, bicampeão da Liga Chinesa nas temporadas 2010 e 2011, na cidade de Yixing. No Mundial, o Brasil está no Grupo F, em Nanjing, e fará a sua estreia no dia 1.º de setembro contra a Nova Zelândia. Os outros adversários serão a Grécia e Montenegro.

"Nós tivemos alguns momentos de desconcentração, principalmente no terceiro período, o que permitiu à seleção chinesa abrir uma vantagem de 12 pontos. Mas graças ao nosso banco, e hoje (sexta-feira) eu destaco o Yago que entrou muito bem, mudando o ritmo do jogo, conseguimos essa importante vitória contra um adversário muito difícil", avaliou Aleksandar Petrovic.

"Durante a fase de treinamentos o time sempre busca diferentes situações para aprender em diferentes momentos do jogo. Hoje (sexta-feira) foi interessante porque a equipe ficou atrás do marcador, jogando contra uma equipe muito aguerrida, com um jogador que estava muito quente na partida, então essa recuperação, essa vontade, essa união para voltarmos na partida depois de ficarmos 12 pontos atrás mostra o caráter do time. Acho que foi mais um teste muito interessante e agora é tentar no próximo amistoso não ter esses desequilíbrios que tivemos", destacou Vitor Benite.

Leandrinho ressaltou a mudança de atitude da seleção para conseguir a vitória no período final. "Foi um jogo tenso, pegado, mas no segundo tempo o Petrovic teve uma conversa séria com a gente, voltamos com uma outra atitude e isso nos deu a vitória. Lógico que o jogo ficou bem truncado, bastante físico, mas quem entrou do banco deu conta do recado. Temos 12 jogadores, não tem titular ou reserva. Agora é focar nessa reta final de preparação para chegarmos bem na Copa do Mundo", comentou o ala.

"Foi um grande jogo, contra uma grande seleção jogando em casa. Não começamos bem o jogo, mas conseguimos recuperar, o que mostra a nossa evolução e o poder de reação da equipe", afirmou Yago.

Em um período de trabalho de um mês, a seleção brasileira realizou nesta sexta-feira o seu sexto amistoso preparatório para o Mundial, sendo três deles no Torneio Internacional de Lyon, no qual derrotou a Argentina na estreia, depois foi superada pela França e fechou com vitória sobre Montenegro. Antes do evento em solo francês, o time nacional obteve duas vitórias sobre o Uruguai em solo brasileiro - uma em Anápolis (GO) e outra em Belém.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade