PUBLICIDADE

Boston Celtics bate Miami Heat na Flórida e fica a uma vitória do título na Conferência Leste da NBA

Franquia de Massachusetts pode garantir o troféu e vaga na final da liga de basquete dos EUA na sexta-feira

26 mai 2022 00h31
ver comentários
Publicidade

O Boston Celtics ficou a uma vitória do título da Conferência Leste da NBA, nesta quarta-feira, ao derrotar o Miami Heat, na Flórida, por 93 a 80, dominando a série melhor de sete por 3 a 2. O próximo duelo está marcado para sexta-feira, no Boston Garden.

As equipes adotaram uma postura mais conservadora no primeiro quarto, ao não arremessar com rapidez. O mau aproveitamento nas bolas de três causou um placar baixo.

Miami só marcou dois pontos nos primeiros cinco minutos, mas contou mais uma vez com o esforço de Adebayo, autor de seis pontos nos primeiros 12 minutos. Do lado do Boston, Jayson Tatum, aparentemente sentindo dores no ombro, só anotou um ponto, enquanto Derrick White entrou bem e colaborou com seis pontos. Mesmo assim, os anfitriões terminaram na frente com 19 a 17.

Os times voltaram para o segundo quarto muito mal no ataque. Além de vários erros nos arremessos, o trabalho defensivo também colaborou para o baixo rendimento.

Adebayo foi importante nas duas tábuas e ainda marcou quatro pontos. PJ Tucker foi outro destaque de Miami. No Boston, Tatum passou a distribuir assistências e só acertou um arremesso de três. Desta forma, o Heat foi para o vestiário com um vantagem um pouco maior: 42 a 37.

O terceiro quarto foi o mais disputado. Boston voltou ligado e logo virou, ao marcar nove pontos contra nenhum de Miami. Mas a equipe da casa equilibrou, sempre com boa produção de Adebayo. Boston teve um final espetacular com destaque para Brown (12 pontos), Tatum (13) e Horford (16) para abrir 69 a 58.

No último quarto, mais uma vez Miami iniciou em ritmo lento e propiciou ao Boston abrir mais vantagem. Brown, com uma enterrada magnífica, completou uma noite sensacional, com 25 pontos, o cestinha da partida.

Estadão
Publicidade
Publicidade