0
Logo do Avaí
Foto: terra

Avaí

Douglas acredita que pressão sobre o São Paulo pode beneficiar o Avaí

16 ago 2017
15h21
atualizado às 15h21
  • separator
  • comentários

Animado após bater o Vitória no último sábado, o Avaí tem agora neste domingo outro confronto direto na luta contra o rebaixamento. Em jogo marcado para a Ressacada, às 16h(de Brasília), o Leão da Ilha recebe o São Paulo, que enfrenta uma fase atípica na atual temporada. Ciente da maior pressão sobre o adversário, o goleiro Douglas quer usar o atual momento do Tricolor a favor da equipe catarinense na procura por mais um triunfo no Campeonato Brasileiro.

"Por ser um jogo de dois times que estão ali brigando para deixar a zona de rebaixamento, muitos pensam que será um jogo feio. Eu, porém, penso o contrário. Para mim será um jogo muito disputado. Quem pensaria que neste momento do campeonato estaríamos enfrentando o São Paulo nesta posição que estão hoje. Mas estamos enfrentando e penso que podemos usar este momento difícil deles a nosso favor", declarou.

"Exercer um bom futebol dentro da nossa casa pode gerar uma pressão a mais para eles. Claro que não podemos esquecer que é uma grande equipe, com um elenco muito qualificado. Temos que saber usar uma boa estratégia e seguir sendo o time guerreiro que temos sido nas últimas partidas, mas usando este fator de pressão, que é muito maior para o lado deles, a nosso favor. Com isso, poderemos conseguir um grande resultado dentro de casa", acrescentou.

Considerando o risco de voltar à zona de rebaixamento, a situação do São Paulo realmente é complicada. Com 22 pontos e na 16ª colocação, o Tricolor possui apenas um ponto a mais que a Chapecoense, que é a primeira equipe dentro do Z4. Na 18ª posição, com os mesmos 21 pontos, o Avaí vem em uma crescente e quer vencer a equipe paulista dentro de casa e contar com uma combinação de resultados para dormir fora da zona da degola.

Apesar de buscar uma grande reação, o goleiro Douglas pede calma para o elenco avaiano, afirmando que o time tem que pensar jogo a jogo para conquistar o objetivo de permanecer na Série A.

"Temos que pensar partida após partida. Acho que isso que tem nos levado a um equilíbrio. Temos agora duas partidas em casa, primeiro contra o São Paulo (e depois contra a Chapecoense). Temos que mostrar este equilíbrio e conseguir uma vitória que irá nos colocar muito próximos de sair do Z4. A gente sabe que neste segundo turno teremos confrontos diretos em casa. Se fizermos um bom papel aqui, com certeza concretizaremos a permanência na Série A", completou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade