0

Vettel coloca Ferrari na frente no 5º dia de testes e Hamilton tem problemas

Mercedes do britânico ficou parada por problemas mecânicos e piloto perdeu duas horas de atividade na pista

27 fev 2020
16h31
  • separator
  • 0
  • comentários

O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, foi o mais rápido nesta quinta-feira, no penúltimo dos seis dias de testes coletivos da pré-temporada da Fórmula 1, realizados no Circuito da Catalunha, nos arredores da Barcelona, em atividade que também ficou marcada por problemas mecânicos com Lewis Hamilton.

A Mercedes do piloto britânico ficou parada, o que ocasionou o acionamento da bandeira vermelha. E, principalmente, fez com que o dono de seis títulos mundiais perdesse as últimas duas horas de atividade na pista espanhola nesta quinta-feira, sendo que ele já ficado na garagem na primeira hora da sessão vespertina - o finlandês Valtteri Bottas havia treinado pela manhã, sendo o sétimo colocado na classificação geral.

Posteriormente, a Mercedes explicou que o problema com Hamilton foi provocada por uma "anomalia na pressão do óleo" do motor que estava sob investigação pela equipe. E o problema fez Hamilton dar apenas 14 voltas, fechando o dia em 13º e último lugar, com o tempo de 1min22s425. "Os testes ainda não foram como planejados hoje (quinta-feira), mas voltaremos melhor mais fortes amanhã", escreveu Hamilton no Twitter.

Alheio ao problema de Hamilton em um dia de atividades que começou com o tempo ruim, com a pista molhada, depois melhorando, Vettel completou 144 giros. E no melhor da Ferrari em cinco dias de testes, incluindo a participação do monegasco Charles Leclerc, cravou a marca de 1min16s841 - o mais rápido da pré-temporada segue sendo de Bottas, com 1min15s732. Foi, também, o único piloto a fazer uma volta em menos de 1min17 nesta quinta. Mas não foi um dia sem sustos, pois ele chegou a sair da pista durante o período da manhã, o que inclusive provocou uma bandeira vermelha.

O francês Pierre Gasly, da Alpha Tauri, equipe até ano passado denominada como Toro Rosso, foi o segundo colocado, com a marca de 1min17s046. Logo atrás veio o canadense Lance Stroll, da Racing Point, com o tempo de 1min17s118. E o seu compatriota Nicholas Latifi colocou a Williams em quarto lugar, com 1min17s313, sendo o piloto que mais deu voltas no dia - 158.

O estreante do Canadá foi seguido pelo britânico Lando Norris, da McLaren, e pelo holandês Max Verstappen, da Red Bull, na sexta posição. O francês Esteban Ocon foi o oitavo, com o australiano Daniel Ricciardo, seu companheiro de equipe na Renault sendo o 11º. Entre eles ficaram o dinamarquês Kevin Magnussen, da Haas, e o tailandês Alexander Albon, da Haas. Em 12º lugar, o italiano Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo, só foi mais rápido do que Hamilton.

Os testes da pré-temporada da Fórmula 1 no Circuito da Catalunha serão concluídos nesta sexta-feira. O campeonato será aberto com a realização do GP da Austrália, em Melbourne, no dia 15 de março.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade