PUBLICIDADE

Sunderland vence oitava etapa das motos no Dakar e reassume liderança no geral

Sam Sunderland precisou de apenas um dia para voltar a vencer no Dakar e reassumir a liderança do rali na classificação geral. Alan Van Beveren caiu para o terceiro lugar

10 jan 2022 08h26
ver comentários
Publicidade
Sam Sunderland voltou a assumir a liderança nos tempor agregados
Sam Sunderland voltou a assumir a liderança nos tempor agregados
Foto: AFP / Grande Prêmio

O QUE QUEREMOS VER NA PRÓXIMA TEMPORADA DE 'DRIVE TO SURVIVE'?

7ª etapa - Al Dawadimi - Wadi Ad Dawasir

Deslocamento: 435 km

Trecho cronometrado: 395 km

Percurso total: 830 km

Depois de ter perdido a liderança do Dakar nas motos, Sam Sunderland não perdeu tempo e reagiu no dia seguinte. No trajeto entre Al Dawadimi e Wadi Ad Dawasir, na Arábia Saudita, o britânico venceu com autoridade e retomou a ponta da atual edição do rali.

A oitava etapa começou com Nacho Cornejo partindo na frente depois da vitória na sétima etapa. Enquanto isso, a organização do rali anunciou o abandono de Ross Branch após uma queda sofrida durante a competição.

Conforme a prova foi avançando, Ricky Brabec assumiu a frente e passou em primeiro no primeiro ponto de cronometragem, seguido por Joan Barreda Bort e Nacho Cornejo. Largando no meio do pelotão, Sam Sunderland logo encontrou o ritmo e colocou-se em vantagem sobre os rivais, com 30s de vantagem para Brabec.

Sam Sunderland em ação na oitava etapa do rali (Foto: Red Bull Content Pool)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Enquanto Sunderland voava no deserto saudita, os rivais encontravam dificuldades. Cornejo perdeu tempo entre os espaços de cronometragem e caiu na tabela de tempos. Mais atrás, o novato Danilo Petrucci escalava o pelotão e já se encontrava na décima colocação.

Com a melhora nos tempos, Sunderland ficou inalcançável e venceu a oitava etapa do Dakar em 3h48min02s. O chileno Pablo Quintanilla terminou em segundo, 2min53 atrás do rival. Matthias Walkner ficou em terceiro, com Ricky Brabec, Mason Klein, Toby Price, Luciano Benavides, Joaquim Rodrigues, Alan Van Beveren e Barreda Bort fechando o top-10.

Com o resultado desta segunda-feira (10), Sunderland passou os rivais e retomou a liderança do rali nas motos, com 27h38min42s no tempo acumulado. Walkner aparece em segundo, 3min45s atrás do britânico, enquanto Van Beveren caiu da primeira para a terceira colocação. Quintanilla e Barreda Bort completam os cinco primeiros da categoria.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Dakar 2022, Motos, 8ª etapa:

1 S SUNDERLAND GasGas 27:38:42
2 M WALKNER KTM 27:42:27 0:03:45
3 A VAN BEVEREN Yamaha 27:43:25 0:04:43
4 P QUINTANILLA Honda 27:44:12 0:05:30
5 J BARREDA BORT Honda 27:53:20 0:14:38
6 K BENAVIDES KTM 27:53:29 0:14:38
7 L SANTOLINO Sherco TVS 27:59:51 0:14:47
8 S SVITKO Slovnaft 28:05:33 0:21:09
9 T PRICE KTM 28:11:12 0:26:51
10 M KLEIN KTM 28:14:08 0:32:30

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade