0

Ricciardo coloca Red Bull na liderança do 1º treino livre na Hungria

Pilotos da Ferrari acirram disputa; Mercedes tem desempenho discreto em Hungaroring

27 jul 2018
08h59
  • separator
  • comentários

A Red Bull começou na frente o fim de semana do GP da Hungria, a 12ª das 21 etapas da temporada 2018 da Fórmula 1. Nesta sexta-feira, a equipe liderou o primeiro treino livre realizado no Hungaroring, com o australiano Daniel Ricciardo, superando a concorrência dos pilotos de Ferrari e Mercedes na atividade inicial.

As características do Hungaroring, um circuito travado, com muitas curvas de baixa velocidade e com retas em sua maioria de baixa extensão, tornam a Red Bull candidata a triunfar neste domingo. E este cenário começou a se mostrar possível no primeiro treino livre, ainda que a disputa tenha sido bastante acirrada.

Mas Ricciardo foi quem se deu melhor ao cravar o tempo de 1min17s613 em um circuito que lhe traz boas lembranças, afinal, o australiano venceu o GP da Hungria em 2014. A Red Bull não conseguiu uma dobradinha no primeiro treino livre, mas o rendimento do holandês Max Verstappen também chamou a atenção, afinal, ele ficou a apenas 0s079 do líder, com a marca de 1min17s701.

Esse tempo não foi suficiente para Verstappen garantir a segunda posição graças ao desempenho de Sebastian Vettel, que acabou relegando o outro carro da Red Bull ao terceiro lugar. O alemão da Ferrari, que venceu o GP da Hungria no ano passado e em 2015, cravou o tempo de 1min17s692 para fechar na segunda colocação o primeiro treino livre.

A marca de Vettel, porém, foi registrada com o uso de pneus supermacios. Já as melhores voltas de Riciardo e Verstappen foram cravadas com os compostos macios, o que deixa a perspectiva para a Red Bull de que os seus pilotos podem ser ainda mais rápidos na sequência do fim de semana do GP da Hungria, se recuperando dos resultados ruins das duas provas anteriores, na Inglaterra e na Alemanha, em que ficou fora do pódio.

Outro piloto da Ferrari, o finlandês Kimi Raikkonen veio logo atrás de Vettel, na quarta colocação na sessão inicial no Hungaroring, com a marca de 1min17s948, sendo o último piloto a registrar uma volta em menos de 1min18.

Já os carros da Mercedes tiveram o desempenho discreto no primeiro treino livre para o GP da Hungria. Ainda que embalado pela vitória no GP da Alemanha, resultado que o recolocou na liderança do Mundial de Pilotos, o britânico Lewis Hamilton foi o quinto mais rápido, com a marca de 1min18s036. Bastante distante dos primeiros colocados, o finlandês Valtteri Bottas veio logo atrás, na sexta posição, com o tempo de 1min18s470.

As três equipes mais competitivas do grid foram seguidas no primeiro treino livre pelos carros da Haas e da Renault. Da equipe norte-americana, o francês Romain Grosjean foi o sétimo colocado, enquanto o dinamarquês Kevin Magnussen ficou na décima posição. Ficaram entre eles o alemão Nico Hulkenberg, em oitavo lugar, e o espanhol Carlos Sainz Jr., na nona colocação. Já o espanhol Fernando Alonso colocou a sua McLaren no 12º lugar na atividade inicial no Hungaroring.

Os pilotos voltarão a acelerar no circuito às 10 horas (de Brasília), quando será realizado o segundo treino livre para o GP da Hungria. O horário é o mesmo da sessão de classificação no sábado. Já a largada para a 12ª etapa da temporada 2018 da Fórmula 1 está prevista para as 10h10 de domingo.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade