PUBLICIDADE

Price vence 10ª etapa, e Dakar tem novo líder nas motos. Medeiros ganha nos quads

Toby Price voltou a vencer nas motos, mas Adiren Van Beveren se deu bem, assumindo a liderança na classificação geral. Nos quads, Marcelo Medeiros levou a melhor na décima etapa do Dakar

12 jan 2022 11h59
| atualizado às 12h11
ver comentários
Publicidade
Toby Price venceu mais uma vez na atual edição do rali
Toby Price venceu mais uma vez na atual edição do rali
Foto: AFP / Grande Prêmio

OS PILOTOS QUE METERAM BEDELHO ONDE NÃO FORAM CHAMADOS

10ª etapa - Wadi Ad Dawasir - Bisha

Deslocamento: 759 km

Trecho cronometrado: 375 km

Percurso total: 1.134 km

Um antigo conhecido venceu a décima etapa das motos no Dakar, entre Wadi Ad Dawashir e Bisha, na Arábia Saudita. Após 375 quilômetros de disputa, Toby Price levou a melhor e venceu com o tempo total de 3h05min32s, apenas 2min09s na frente de Luciano Benavides, o segundo colocado. Novamente a categoria tem um novo líder, agora com o francês Adrien Van Beveren na ponta.

O dia começou com Sam Sunderland na frente, seguido por Toby Price. Adrien Van Beveren e Pablo Quintanilla passaram próximos, disputando de maneira equilibrada a terceira posição. No quilômetro 133, problemas para o atual campeão Kevin Benavides, que enfrentou problemas na moto e ficou cerca de 10 minutos parado para reparos. Logo depois, o competidor da KTM abandonou a disputa.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Van Beveren é novamente o líder geral das motos no Dakar (Foto: AFP)

Na frente, Joan Barreda Bort tomava a liderança e abria em relação a Matthias Walkner, então na segunda posição. Minutos depois, foi a vez do chileno Pablo Quintanilla assumir a ponta da disputa. No quilômetro 212 da etapa, ainda chegou a abrir mais vantagem para Sunderland, acompanhado de perto por Walkner.

Foi só na hora final que Price reapareceu nas primeiras posições, após o quilômetro 258, tomando a ponta. Mesmo assim, a disputa era intensa com apenas três minutos separando o top-7. E o australiano não largou mais a frente, conquistando mais uma vitória na atual edição do Dakar. Luciano Benavides foi o segundo, seguido por Adrien Van Beveren.

Lorenzo Santolino fechou o dia no quarto, acompanhado por Andrew Short. Stefan Svitko, Maciej Giemza, Rui Gonçalves e Pablo Quintanilla fecharam o top-10 da décima etapa do rali.

Na classificação geral, Van Beveren retomou a ponta, com 33h27min06s no tempo acumulado e 5min59s de vantagem para Sunderland. Quintanilla subiu para a terceira posição, com Walkner e Barreda Bort completando os cinco primeiros.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Medeiros vence nos Quads e Giroud se aproxima do título

Nos quadriciclos, vitória brasileira. Marcelo Medeiros levou a melhor na disputa da décima etapa após 4h11min04s de prova. Kamil Wisniewski terminou na segunda posição, acompanhado por Alexandre Giroud, Francisco Moreno, Zdenek Tuma, Nicolás Serna e Carlos Alejandro Verza.

Na classificação geral, Giroud segue tranquilo na liderança, com 2h36min46s de vantagem para Wisniewski. Vencedor da etapa desta quarta-feira (12), Medeiros aparece na sexta colocação, 22h29min31s atrás do líder.

Dakar 2022, Motos, Classificação após 10ª etapa:

1 A VAN BEVEREN Yamaha 33:27:06
2 S SUNDERLAND GasGas 33:33:05 0:05:59
3 P QUINTANILLA Honda 33:33:21 0:06:15
4 M WALKNER KTM 33:35:30 0:08:24
5 J BARREDA BORT Honda 33:37:53 0:10:47
6 T PRICE KTM 33:54:49 0:27:43
7 A SHORT Yamaha 34:01:03 0:33:57
8 M KLEIN KTM 34:04:55 0:37:49
9 R BRABEC Honda 34:05:11 0:38:05
10 R CORNEJO FLORIMO Honda 34:06:06 0:39:00

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade