PUBLICIDADE

Maserati regressa ao esporte a motor e anuncia entrada na Fórmula E para 2023

Marca icônica que foi campeã da Fórmula 1 com Juan Manuel Fangio nos anos 1950, a Maserati está de volta ao esporte a motor e vai entrar no grid da Fórmula E em 2023

11 jan 2022 06h59
ver comentários
Publicidade
Davide Grasso e Alejandro Agag celebram a chegada da Maserati à Fórmula E
Davide Grasso e Alejandro Agag celebram a chegada da Maserati à Fórmula E
Foto: Maserati / Grande Prêmio

AS NOVIDADES DA F1 2022: O QUE ESPERAR DE ALBON E ZHOU?

A terça-feira (11) amanheceu com uma grande notícia para a Fórmula E. A Maserati, lendária fábrica italiana de automóveis, anunciou o regresso ao esporte a motor na disputa de monopostos depois de mais de 60 anos e vai ingressar na categoria elétrica a partir de 2023, quando a Fórmula E adentrar na sua nona temporada e estreará, no próximo ano, a terceira geração de carros.

A marca do tridente entrou para a história do esporte a motor quando levou Juan Manuel Fangio em parte da temporada 1954 e em todo o ano de 1957 rumo ao título mundial de Fórmula 1. A marca esteve presente na disputa do antigo Mundial FIA GT e conquistou ao todo 14 títulos entre 2004 e 2010.

O anúncio foi feito em conjunto pela Maserati, comandada pelo CEO Davide Grasso, a Fórmula E e a FIA, agora gerida por Mohammed Ben-Sulayem.

Alejandro Agag e Davide Grasso celebram a chegada da Maserati à Fórmula E (Foto: Maserati)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

"Estamos muito orgulhosos de estar de volta onde pertencemos como protagonistas no mundo das corridas. Somos movidos por paixão e inovadores por natureza. Temos uma longa história de excelência no mais alto nível mundial de competição e estamos prontos para impulsionar o desempenho no futuro", declarou o executivo italiano.

"Na corrida por mais desempenho, luxo e inovação, a Folgore, nossa linha elétrica, é a expressão mais pura da Maserati. É por isso que decidimos voltar a competir no Mundial de Fórmula E da FIA, encontrando nossos clientes nos centros das cidades do mundo e levando o tridente para o futuro", destacou o comandante da marca, que integra o portfólio da Stellantis, gigante da indústria automobilística formada a partir da fusão entre Fiat Chrysler e o grupo francês PSA, dono das marcas Peugeot e Citroën.

A Stellantis também tem outra equipe ligada à Fórmula E: a bicampeã DS Techeetah, que enfrenta dificuldades financeiras e busca um novo investidor para garantir sobrevida na categoria dos carros elétricos além de 2022.

Jean-Marc Finot, vice-presidente da Stellantis Motorsport, considera que a Maserati será a marca do grupo a aproveitar o universo da Fórmula E para evoluir o desenvolvimento de tecnologias elétricas.

"É um grande prazer para a Stellantis Motorsport desempenhar um papel na volta da Maserati ao esporte a motor. Para além deste pedaço de história, a Maserati Fórmula E será o nosso laboratório tecnológico para acelerar o desenvolvimento de motorização eletrificada de alta eficiência e software inteligente para os nossos carros esportivos de rua. A Fórmula E é o campeonato perfeito para esse propósito e estamos muito orgulhosos de ser a primeira marca italiana a se unir ao grupo", ressaltou.

A Fórmula E, com o anúncio da chegada da Maserati, de certa forma responde depois de perder três marcas de muita força no mercado automobilístico mundial. Audi e BMW deixaram a categoria dos carros elétricos no ano passado, enquanto a Mercedes vai fazer, em 2022, sua última temporada na competição.

Alejandro Agag, fundador e presidente da Fórmula E, comemorou a chegada da Maserati à classe elétrica. "Estamos orgulhosos de receber a Maserati em sua nova casa no automobilismo mundial. O Mundial de Fórmula E é o auge das corridas elétricas. Ele fornece o ambiente perfeito para as marcas de carros de alta performance mais dinâmicas e inovadoras para mostrar as capacidades tecnológicas juntamente com suas ambições desportivas", declarou o espanhol.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade