0

Wolff revela incerteza sobre cargo dentro da Mercedes após 2020

No comando da Mercedes desde 2013, Toto Wolff ainda está revendo seu futuro na Fórmula 1 e cogita sair da atual função de chefe do time. O futuro do austríaco, no entanto, ainda não foi definido

14 ago 2020
12h19
atualizado às 12h22
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Toto Wolff tenta mediar o conflito da vez na F1
Toto Wolff tenta mediar o conflito da vez na F1
Foto: Mercedes / Grande Prêmio

O suspense parece cercar a Mercedes. Nesta sexta-feira (14), Toto Wolff afirmou que a Mercedes está pronta para assinar o novo Pacto da Concórdia. O chefe da equipe, no entanto, disse que está avaliando sua própria posição dentro do time e chamou a atenção dos jornalistas presentes na coletiva de imprensa.

No comando do time desde 2013, Wolff também ocupa o cargo de diretor-executivo. As constantes viagens com a Fórmula 1 fizeram com o que o austríaco mudasse sua visão e deixasse o futuro em aberto. Há a possibilidade do dirigente ocupar um cargo longe das pistas.

"Eu gosto do que faço. Gosto principalmente porque eu amo trabalhar com pessoas na equipe e não há lugar melhor para estar do que uma sala de reuniões com os engenheiros ou sentar na garagem e ver o grande trabalho acontecer. Gosto das batalhas fora das pistas, me relacionar com patrocinadores e parceiros", disse o dirigente.

Toto Wolff está no comando da Mercedes desde 2014 (Foto Mercedes)
Toto Wolff está no comando da Mercedes desde 2014 (Foto Mercedes)
Foto: Grande Prêmio

"O que isso significa para o futuro é uma decisão que preciso tomar com minha esposa e com Ola [Kallenius, presidente da Daimler]. Isso não aponta que não estarei mais como chefe da equipe ou em outra posição, mas é algo que tenho pensado", completou.

Recentemente, Lewis Hamilton pontuou que vai condicionar sua renovação de contrato com a Mercedes mediante a decisão sobre o futuro de Wolff. O dirigente austríaco, no entanto, não acredita que vai fazer a diferença na decisão do hexcampeão mundial.

"Eu acho que o Lewis está no melhor momento e faz o que quiser. Ele tem a possibilidade de alcançar grande sucesso indo adiante, vencendo mais corridas e, espero, campeonatos também. Ele tem uma grande equipe que sempre vai apoiá-lo. Como eu disse, não tomei a decisão ainda, temos muitas discussões em andamento", afirmou Wolff.

"Deus sabe em quantas corridas de Fórmula 1 estivesse nos últimos oito anos - acho que 120 - e isso é algo que tenho pensado", finalizou.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL o fim de semana do GP da Espanha de F1. Siga tudo aqui.

Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade