3 eventos ao vivo

"Vettel está fora?" Chefe encerra entrevista após questão sobre dupla na Aston Martin

Supostamente, a dupla da Aston Martin para 2021 é um dos mistérios da Fórmula 1 no momento. Mas, segundo Otmar Szafnauer, não só ela já está decidida, como Sebastian Vettel "nunca esteve dentro"

9 set 2020
10h46
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Sebastian Vettel no fim de semana do GP da Itália de Fórmula 1
Sebastian Vettel no fim de semana do GP da Itália de Fórmula 1
Foto: Ferrari / Grande Prêmio

Aquela que hoje é tratada como Racing Point será chamada de Aston Martin a partir de 2021, mas o mundo da Fórmula 1 não acredita muito na ideia de que essa vai ser a principal mudança vista na equipe no próximo ano. Muitos apostam que, mesmo com Lance Stroll e Sergio Pérez sob contrato, uma das vagas ficará com Sebastian Vettel. E isso começa a irritar os responsáveis pela decisão.

Durante conversa com a revista alemã Auto Motor und Sport, Otmar Szafnauer, chefe da atual Racing Point, encerrou de forma abrupta a entrevista ao ser questionado sobre o piloto alemão. A sessão de perguntas e respostas já era longa, com assuntos como a briga pelo terceiro lugar entre os construtores, conhecimento sobre o próprio carro e atualizações no mesmo abordados, quando o dirigente se recusou a continuar.

"Quando vocês confirmarão seus pilotos para 2021?", foi a primeira questão do entrevistador que incomodou Szafnauer: "Fizemos isso há dois anos. Nada mais a confirmar", disse ele, já que tanto Stroll como Pérez têm contrato.

"Em outras palavras, Sebastian Vettel está fora?", continuou o repórter. "Nunca esteve dentro", responder secamente o dirigente, antes de dizer "vamos terminar a entrevista com estas perguntas" e acabar com a conversa.

Otmar Szafnauer anda incomodado com o assunto Vettel (Foto: Racing Point)

Antes de fato forte, o boato de que Vettel vai para a Aston Martin em 2021 tem se esvaído nas últimas semanas, principalmente após Pérez afirmar repetidamente sobre como "dentro da equipe isso nunca foi assunto", de que "os boatos vão desaparecer com o tempo" e negar conversas com outras equipes.

Para Vettel, as vagas para a continuidade na categoria são poucas: em teoria, apenas Haas e Alfa Romeo têm espaços em aberto para 2021.

O alemão já afirmou que, se ficar na F1, não será para fazer número: "Se decidir continuar, vou fazer isso com o objetivo de vencer. Não tenho a intenção de ficar no paddock só para participar, não ligo para recorde de corridas no meu currículo, mas agora não tenho novidades."

Paddockast #77 | 

Como amar a moribunda Ferrari em crise?

Ouça também:  PODCASTS APPLE |  ANDROID |  PLAYERFM

Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade