PUBLICIDADE

Verstappen vence na F1 no Azerbaijão, em péssimo dia da Ferrari

Com quebras dos dois carros da Ferrari, Max Verstappen supera Sergio Perez e sobra para vencer o GP do Azerbaijão

13 jun 2022 - 11h56
Ver comentários
Publicidade
Max Verstappen vence o GP do Azerbaijão
Max Verstappen vence o GP do Azerbaijão
Foto: Red Bull / Twitter

Domingo perfeito para a Red Bull. A equipe conquistou a dobradinha no GP do Azerbaijão e viu a rival Ferrari ter problemas nos dois carros. Max Verstappen superou Sergio Perez, que liderou os estágios iniciais da prova, e contou com uma quebra de motor de Charles Leclerc para vencer de forma tranquila. Carlos Sainz também abandonou com problemas em sua Ferrari.

Sem a Ferrari em cena, a Mercedes ocupou as posições 3 e 4, com George Russell e Lewis Hamilton, respectivamente.

Foi o 6º vencedor diferente em seis edições da Fórmula 1 no Azerbaijão. O resultado levou Verstappen a 150 pontos. Perez subiu para 2º, com 129, já que Leclerc ficou estagnado nos 116. Entre os construtores, a Red Bull foi para 279, contra 199 da Ferrari. A Mercedes chegou a 161.

Confira como foi o GP do Azerbaijão de Fórmula 1:

VOLTA 1/51: Sergio Perez, largando do lado de dentro, colocou por dentro na curva 1 e tomou a primeira posição de Charles Leclerc. As demais posições se mantiveram entre os líderes, com Verstappen em 3º, seguido de Sainz, Russell, Gasly e Hamilton. Vettel passou Tsunoda, que ia a frente de Alonso.

A largada do GP do Azerbaijão
A largada do GP do Azerbaijão
Foto: Red Bull / Twitter

3/51: Perez abria mais de 2 segundos de vantagem sobre Leclerc. Verstappen se mantinha a menos de um segundo do ferrarista, esperando a autorização para uso do DRS. Nicholas Latifi, da Williams, recebia punição de stop and go por posicionamento incorreto do carro no grid de largada.

4/51: Enquanto Latifi pagava sua punição, a dupla da McLaren duelava pelo 11º lugar, com Norris conseguindo se manter à frente de Ricciardo.

6/51: Verstappen se aproximava de Leclerc com o uso da asa móvel, mas ainda insuficiente para uma ultrapassagem. Perez segui a 2s3 à frente. Mais atrás, Hamilton pressionava Gasly pelo 6º lugar.

9/51: A má fase de Sainz continua: o Ferrari do espanhol apresentou uma quebra, obrigando-o a abandonar na curva 4. Safety car virtual ativado, e diversos carros pararam para trocar pneus. Leclerc fez uma parada ruim, de 5s5, mas ainda assim voltou em 3º, 13s atrás do líder Perez. Hamilton perdeu posição para Vettel nos boxes.

Perez liderou as voltas iniciais, mas foi superado por Verstappen
Perez liderou as voltas iniciais, mas foi superado por Verstappen
Foto: Red Bull / Twitter

10/51: A Red Bull liderava na bandeira verde, com Perez 2s à frente de Verstappen. Leclerc, Russell vinham depois, seguidos por três carros que não pararam: Alonso, Norris e Ricciardo. Depois de Gasly, uma briga de entre Ocon, Vettel e Hamilton pelo 9º lugar.

13/51: Vettel passou Ocon na curva 3, mas errou a freada e foi para a área de escape, perdendo posições para Hamilton e Tsunoda. Leclerc fazia a melhor volta.

14/51: Foi a vez de Hamilton tentar o ataque sobre Ocon, que seguia com os mesmos pneus duros da largada.

15/51: Verstappen se aproximou de Perez, abriu a asa móvel e concluiu a ultrapassagem na abertura da volta 15.

16/51: Perez começou a perder ritmo e já estava 2 segundos atrás de Verstappen

As duas Red Bull sobram na liderança
As duas Red Bull sobram na liderança
Foto: Reprodução

17/51: A Red Bull chama Perez ao box. A parada ruim, de 5s7, faz o mexicano voltar à pista em 3º, mais de 10 segundos atrás de Leclerc

18/51: Norris, Ricciardo e Gasly colavam em Alonso, que ainda usava pneus médios gastos. Logo atrás, Hamilton finalmente concluía ultrapassagem sobre Ocon.

19/51: Foi a vez de Verstappen trocar os pneus: serviço de 3s5, voltado à pista em 2º. Leclerc liderava, 13s5 à dianteira de Verstappen e 17s de Perez, que fez a melhor volta.

20/51: O motor da Ferrari de Leclerc abre o bico. Fim de prova para o líder e para a equipe, que já havia perdido Sainz. Verstappen assumia a liderança, 5 segundos à frente de Perez e 8s5 de Russell.

Charles Leclerc fica pelo caminho com motor estourado
Charles Leclerc fica pelo caminho com motor estourado
Foto: F1 / Reprodução

As McLaren se digladiavam, com a intromissão de Gasly. Norris parou para trocar os pneus médios por duros, deixando Ricciardo para segurar Gasly.

21/51: Gasly finalmente passou Ricciardo. Pouco atrás, Tsunoda passava Ocon.

23/51: Guanyu Zhou, que fazia boa corrida e era 10º, tem problemas mecânicos e recolhe.

25/51: Vettel e Ocon se encontraram novamente na pista. Dessa vez, o alemão conseguiu concluir a manobra de ultrapassagem na mesma curva onde havia errado anteriormente.

26/51: Hamilton passou Ricciardo para ser 5º e Alonso despachou Magnussen e Ocon e já era 9º.

33/51: Magnussen pressionava Ocon quando precisou abandonar com problemas mecânicos. Quarto abandono da prova, todos com carros equipados com motor Ferrari. Safety Car virtual acionado.

Verstappen, Perez, Russell pararam para colocar pneus duros novos e garantir as posições de pódio. Hamilton também parou, mas perdeu uma posição para Tsunoda, que assumiu o 4º lugar. Ricciardo e Ocon finalmente pararam, indo para os compostos médios.

George Russell conquistou seu terceiro pódio na temporada
George Russell conquistou seu terceiro pódio na temporada
Foto: Mercedes / Twitter

36/51: Com o carro de Magnussen removido, foi dada a bandeira verde. Hamilton foi para cima de Tsunoda e conseguiu a ultrapassagem ao final da volta.

37/51: O DRS do AlphaTauri de Yuki Tsunoda apresentou uma falha, abrindo apenas um lado. A direção de prova apresentou bandeira preta e laranja, obrigando a equipe a fazer um reparo. Com isso, seu bom 6º lugar virou um 13º.

41/51: Verstappen tinha 15 segundos de vantagem sobre Perez e seguia abrindo. A equipe pedia para que ele controlasse o ritmo.

Pierre Gasly à frente de Lewis Hamilton
Pierre Gasly à frente de Lewis Hamilton
Foto: AlphaTauri / Twitter

43/51: Hamilton finalmente chegou em Gasly e começou o ataque.

44/51: Na curva 3, Hamilton passa Gasly. A Mercedes passava a ocupar o 3º e 4º lugares.

46/51: A cinco voltas do fim, o top10 era: Verstappen, Perez, Russell, Hamilton, Gasly, Vettel, Alonso, Ricciardo, Norris e Ocon.

47/51: Lance Stroll recolhe par os boxes e abandona com problemas no carro.

51/51: Verstappen vence com sobras e amplia vantagem no campeonato. Perez e Russell completaram o pódio. Norris tentou ultrapassar Ricciardo nos metros finais, mas não c

O resultado final do GP do Azerbaijão
O resultado final do GP do Azerbaijão
Foto: F1
Parabólica
Publicidade
Publicidade