PUBLICIDADE

Verstappen diz que "tentou tudo que deu", mas veredito é cruel: "Somos mais lentos"

Max Verstappen não conseguiu tomar a vitória de Lewis Hamilton no GP da Espanha neste domingo (9) e reconheceu as vantagens que o carro da rival Mercedes ainda tem sobre o da Red Bull

9 mai 2021 12h38
ver comentários
Publicidade
Verstappen conquistou o segundo lugar no GP da Espanha
Verstappen conquistou o segundo lugar no GP da Espanha
Foto: Red Bull Content Pool / Grande Prêmio

As estratégias da Red Bull não impediram Lewis Hamilton de consumar a pole-position em sua terceira vitória na temporada de 2021, mas foi com emoção. A marca dos energéticos até se aproximou de segurar o heptacampeão com Max Verstappen, no GP da Espanha deste domingo (9). O #33 chegou a tomar a liderança na largada e manteve por 60 voltas, mas não aguentou até o fim. Para Verstappen, só há uma resposta clara: o carro da Mercedes ainda é mais rápido e, por isso, está à frente do RB16B.

Verstappen parecia ter a corrida na mão e buscou uma estratégia de somente uma parada, enquanto a Mercedes optou por duas. No fim, com pneus mais gastos que os de Hamilton, o holandês não conseguiu tirar muito proveito dos planos de sua equipe.

"Isso mostra que não estamos onde queremos estar, ainda temos que nos esforçar muito. No momento somos mais lentos", disse Verstappen.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Verstappen ficou próximo de sua segunda vitória na temporada mas, ao final da corrida, foi ultrapassado por Hamilton
Verstappen ficou próximo de sua segunda vitória na temporada mas, ao final da corrida, foi ultrapassado por Hamilton
Foto: Red Bull Content Pool / Grande Prêmio

"De certa forma, eu podia ver imaginar isso. Já no final da corrida, com os pneus médios, ele claramente teve muito mais ritmo para ficar a apenas um segundo de distância. Não havia muito que poderíamos ter feito", explicou.

Verstappen ainda falou sobre o embate entre as estratégias das duas equipes. Ele, que visitou o pit-lane apenas uma vez antes da ultrapassagem de Hamilton, comentou que seria difícil retomar a primeira posição se tivesse feito mais uma parada.

"Quando você está na frente com os carros atrás, com tráfego e outras coisas, você não quer parar. Fica mais fácil quando você tem um melhor ritmo e tem mais ritmo no carro", afirmou.

"Para nós, se tivéssemos partido para outra parada, não tenho certeza se teríamos alcançado [a primeira posição] novamente. Eu tentei tudo que pude", concluiu Verstappen.

Embora tenha terminado apenas na segunda posição, o ponto extra da volta mais rápida ficou na conta do holandês. Ao final da corrida, Verstappen apostou em compostos macios e marcou 1min18s149. Agora, no Mundial, o piloto da Red Bull soma 80 pontos - 14 atrás do líder, Hamilton.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade