0

Toto Wolff vê desenvolvimento do motor da Mercedes aquém do esperado

7 dez 2018
10h00
  • separator
  • comentários

A temporada de 2018 foi de conquistas para a Mercedes na Fórmula 1, com o título de construtores e de Lewis Hamilton. Porém, o sentimento dentro da própria equipe não é de satisfação total e, acima de tudo, acomodação com os bons resultados conquistados recentemente. Segundo um dos principais dirigentes, Toto Wolff, algumas coisas não ocorreram como o esperado, como o desenvolvimento do motor.

De acordo com o chefe da equipe, a expectativa para a forma como a unidade de potência iria se desenvolver era grande e não cumpriu as expectativas ao fim da temporada. Por isso, pensando já em 2019, a Mercedes espera traçar uma meta ambiciosa a fim de evoluir e recuperar o "tempo perdido em 2018".

"Existe uma corrida muito grande para o desenvolvimento dos motores da forma como estamos esperando. Em 2018 tivemos alguns reveses do lado do motor, já que acreditamos que o novo conceito entregaria um pouco mais. Temos que encontrar pressão aerodinâmica, reduzir o arrasto, porque, claro, a unidade de potência é uma parte muito importante", disse Wolff em declarações citadas pelo Motorsport.

"Então, estamos estabelecendo para nós metas realmente ambiciosas. Na verdade, nós aumentamos nossas metas há seis semanas, porque ouvimos rumores de que os outros estavam indo bem. O importante é que aqui as pessoas são muito ambiciosas, por isso estou otimista", completou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade