3 eventos ao vivo

"Stroll não aprende", acusa Norris após incidente no GP de Portugal

Lance Stroll e Lando Norris se tocaram durante o último GP de Portugal, e o piloto da McLaren ficou fulo com a atitude do rival da Racing Point

26 out 2020
10h14
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Lando Norris sofreu toque de Lance Stroll e caiu no pelotão durante a corrida
Lando Norris sofreu toque de Lance Stroll e caiu no pelotão durante a corrida
Foto: McLaren / Grande Prêmio

O GP de Portugal voltou após 24 anos à Fórmula 1 e teve como cardápio principal Lewis Hamilton passando a ser o recordista isolado de vitórias na categoria, alcançando a de número 92 em Portimão. Mas houve muito mais na prova agitada: como a briga entre Lando Norris e Lance Stroll.

Ainda na primeira parte da corrida, Stroll tentou ultrapassagem em Norris, que brigou pela posição e acabou tocado pelo rival. A Racing Point do canadense foi danificada a ponto dele precisar abandonar, enquanto a McLaren do britânico teve de ir aos boxes para trocar a asa dianteira.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Lando Norris não ficou nada feliz com Lance Stroll (Foto: McLaren)

"Isso me jogou para o fundo do grid", disse Norris. "Não sei o que ele queria fazer. Ele foi para a esquerda, o que me surpreendeu, porque ele poderia ter ido, facilmente, por dentro."

"Eu estava no meio da pista e ele virou de repente, então obviamente não aprendeu com o que aconteceu na sexta-feira (outro acidente, este com Max Verstappen, que chamou o canadense de "cego e retardado"). Stroll não aprende com nada do que faz. Acontece muito com ele, então só tenho de me certificar em ficar longe da próxima vez", completou um duro Norris.

Lance Stroll abandonou a corrida em Portimão. Um dia para o canadense esquecer (Foto: Racing Point)

O outro lado

Stroll chegou a comentar o acidente após a corrida: "Foi estranho o que aconteceu com Lando. Eu estava esperando para ver se ele iria pela direita ou pela esquerda, mas ele ficou no meio da pista na curva 1. Isso me deu um segundo para decidir o que fazer e eu escolhi ir por fora, passando pela zebra. Quando virei para dentro, senti que estava na frente, mas não havia espaço para dois carros. Depois da batida, o carro sofreu danos e não deu para continuar, por isso abandonei."

A próxima etapa da temporada 2020 da Fórmula 1 acontece já no próximo domingo, o GP da Emília-Romanha, que marca o regresso de Ímola ao calendário depois de 14 anos.

Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade