0

Sainz revela que ficou "um pouco bravo" com saída de Pérez da Racing Point

Carlos Sainz se pronunciou sobre saída de Sergio Pérez da Racing Point. Espanhol da McLaren afirmou que performance não é tudo para ficar na Fórmula 1, e isso incomoda

18 set 2020
10h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Carlos Sainz igualou seu melhor grid da carreira na F1
Carlos Sainz igualou seu melhor grid da carreira na F1
Foto: AFP / Grande Prêmio

Carlos Sainz, da McLaren, saiu em defesa do mexicano Sergio Pérez, que será sacado da Racing Point ao fim da temporada 2020 para a chegada do tetracampeão mundial Sebastian Vettel na equipe, que se torna Aston Martin em 2021.

Em entrevista ao site Motorsport.com, Sainz relembrou que o desempenho não é suficiente para garantir uma vaga na Fórmula 1, e relembrou a importância de Pérez para a equipe de Silverstone, quando o patrocinador do mexicano garantiu os salários dos funcionários do time, evitando a falência antes da entrada de Lawrence Stroll.

"O que Checo mostra é que nem tudo é desempenho na Fórmula 1. Julgando apenas por performance, não existe motivo para ele deixar a Racing Point ou a equipe não querer, porém, na Fórmula 1, existem outros motivos junto do desempenho que são muito importantes. Para mim, a saída do Checo é uma pena, porque o time que ele confiou por tantos anos, que ele praticamente salvou da falência, é o time que finalmente produziu um carro bom e não quer continuar com ele. É uma pena", declarou o espanhol.

Sergio Pérez foi o quinto colocado em Mugello
Sergio Pérez foi o quinto colocado em Mugello
Foto: Racing Point / Grande Prêmio

Pérez tinha contrato com a Racing Point (que vira Aston Martin em 2021) até 2022, mas o time ativou uma cláusula que rescinde o vínculo ao fim do ano, abrindo as portas para a chegada do tetracampeão mundial Sebastian Vettel.

Carlos, que está de partida para a Ferrari em 2021 no lugar de Vettel, admitiu que ficou bravo com a saída de Pérez da Racing Point, especialmente pela relação de respeito e admiração entre as partes.

"Me deixa um pouco bravo porque tenho uma boa relação com ele e o respeito muito como piloto. Te lembra que o esporte assim, que o retorno é muito pouco. Mas é aquele que escolhemos para competir e ser profissionais, e temos de aceitar. Espero que ele consiga um lugar que o motive, que ele gosta, e que seja bom em 2022", completou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade