2 eventos ao vivo

Ricciardo projeta pelotão apertado e revela meta para 2021: 1º pódio pela McLaren

Daniel Ricciardo entra em 2021 com a mesma meta de 2020, mas em equipe diferente. Agora na McLaren, o australiano também quer o primeiro pódio pelo time, como foi com a Renault

18 fev 2021
08h57
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Daniel Ricciardo saiu da Renault para substituir Carlos Sainz na McLaren. Australiano espera manter o bom rendimento apresentado em 2020
Daniel Ricciardo saiu da Renault para substituir Carlos Sainz na McLaren. Australiano espera manter o bom rendimento apresentado em 2020
Foto: McLaren / Grande Prêmio

Daniel Ricciardo mudou novamente de equipe para a temporada 2021 da Fórmula 1. No entanto, o australiano chega na McLaren um pouco mais cauteloso do que foi na Renault, afinal, tem a mesma meta, mas em condições mais favoráveis. É que Ricciardo, mais uma vez, colocou o pódio como objetivo para o ano, mas, no caso do time britânico, isso foi algo que já aconteceu em 2020.

O piloto espera mais um ano de corridas bem apertadas entre os times do pelotão intermediário. Para Ricciardo, em 2021 a McLaren deve novamente estar na disputa com times como Renault, Aston Martin e Ferrari, mas ainda com certa distância para a Mercedes.

"Ano passado foi de rivalidade grande entre boa parte do pelotão. E alguns acabaram não conseguindo nenhum pódio. A briga pelas primeiras posições foi ficando mais intensa, mesmo com a Mercedes ainda tendo o melhor carro. As outras equipes estão tentando se aproximar e acho que vão. Espero que minha experiência e minha motivação sirvam para que a gente vença a batalha que for", disse.

Ricciardo espera pódio no ano de estreia pela McLaren (Foto: McLaren)

Diante do cenário esperado de equilíbrio de forças no meio do grid e de favoritismo da Mercedes, Daniel repete a meta que teve com a Renault: quer debutar no pódio com a McLaren em 2021. A missão, no entanto, parece um pouco mais tranquila, afinal, Lando Norris e Carlos Sainz já conseguiram em 2020.

"Minha ambição é estar no pódio de novo em 2021, conseguir meu primeiro pela McLaren. A equipe conquistou pódios ano passado, então, na minha cabeça, penso que posso repetir o feito. Mas sei que não vai ser fácil. Carlos [Sainz] e Fernando [Alonso] serão, certamente, rivais duros. Estou ansioso por todas as disputas e pela volta do Alonso ao grid", completou.

Mesmo sem ter o terceiro melhor carro do grid na maior parte do ano, a McLaren fechou a temporada no top-3 do Mundial de Construtores com 202 pontos, sete a mais que a Racing Point e 21 na frente da Renault.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade