PUBLICIDADE

Ricciardo abre caminho para Norris em Ímola, mas afirma: 'Engoli meu orgulho'

O australiano atendeu ao pedido da McLaren e deixou o companheiro passar. Enquanto Norris terminou em terceiro lugar e alcançou seu segundo pódio na carreira, Ricciardo ficou em sexto

19 abr 2021
0comentários
Publicidade
Daniel Ricciardo
Daniel Ricciardo
Foto: AFP / Grande Prêmio

Daniel Ricciardo já é um velho conhecido da Fórmula 1 - com 31 anos, o piloto corre nas pistas desde 2009, ano de sua estreia. Por isso, não é todo dia que sua equipe pede para abrir caminho ao seu parceiro e ele aceita de bom grado, mas foi o que aconteceu no GP de Emília-Romanha, em Ímola, no último domingo (18). O australiano atendeu ao pedido da McLaren e abriu caminho para Lando Norris fazer a ultrapassagem na volta 18. Após a corrida, Ricciardo expôs seu descontentamento com a ordem dada.

"Ali foi certamente onde eu tive que engolir meu orgulho", disse Ricciardo, à Sky Sports F1. "No entanto, a equipe foi justa; eles me deram tempo para tentar mostrar meu ritmo".

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O jovem Lando Norris surpreendeu na corrida. Ele, que largou na terceira posição, lutou bravamente para garantir seu lugar no top-3. E assim foi feito: mesmo com Max Verstappen e Lewis Hamilton cravando a primeira e segunda posições, respectivamente, Norris manteve seu terceiro lugar mesmo com a pressão impressionante de duas Ferraris em seu encalço; já Ricciardo foi o sexto e, mesmo com seu orgulho afetado, o dono do carro #3 não deixou de elogiar o parceiro de equipe.

"Acho que o positivo é que Lando teve um fim de semana forte no pódio, então acho melhor isso do que ele em 12º lugar. Há pontos positivos", afirmou.

Daniel Ricciardo ficou na sexta colocação no GP de Emília-Romanha, em Ímola
Daniel Ricciardo ficou na sexta colocação no GP de Emília-Romanha, em Ímola
Foto: McLaren / Grande Prêmio

A pista foi atingida por uma chuva forte poucos minutos antes da corrida e muitos pilotos tiveram dificuldades - alguns até mesmo derraparam no caminho do grid. Ricciardo sente que a corrida foi para sobreviver enquanto a pista ainda estava molhada.  

"Foi certamente um desafio", disse o australiano. "Provavelmente a parte mais desafiadora foi a volta ao grid. Não podíamos realmente ver quanto havia chovido naquele primeiro setor", explicou.

"Podíamos ver nas telas que havia água, muita. Então isso foi "ok, vamos apenas sobreviver", finalizou.

A próxima etapa da F1 na temporada 2021 acontece dentro de duas semanas, em 2 de maio. A categoria vai para Portimão, casa do GP de Portugal.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade