PUBLICIDADE

Red Bull vibra com chance de marcar Hamilton no GP dos EUA: "Somos dois contra um"

Satisfeito com o desempenho da Red Bull, o chefe do time, Christian Horner, não poupou elogios a Sergio Pérez e celebrou vantagem estratégica contra Lewis Hamilton e a Mercedes nos EUA

23 out 2021 21h05
ver comentários
Publicidade
A Red Bull fez a festa na classificação
A Red Bull fez a festa na classificação
Foto: Red Bull / Grande Prêmio

Christian Horner foi só sorrisos neste sábado (23) depois da classificação da Red Bull no GP dos EUA. Com Max Verstappen na pole e Sergio Pérez em terceiro, o chefe do time vê grande chance de marcar Lewis Hamilton, segundo no grid, em Austin.

Em entrevista à Sky Sports inglesa, o dirigente da Red Bull celebrou a atuação dos seus comandados e não poupou elogios para Sergio Pérez, que chegou a flertar com a primeira pole.

"Checo está pegando fogo neste fim de semana. Desde a primeira sessão ele tem estado muito feliz com o carro, e achei que ele conseguiria a primeira pole hoje, ainda mais com um pouco de chuva no fim. Isso pode ter custado um pouco, mas Max se manteve focado e deu tudo naquele momento. Ontem, o acerto com o qual chegamos à pista estava um pouco desajustado. Acabamos de acertar o carro e conseguimos melhorar a tração", comentou Horner, que viu o desempenho da sua equipe mudar significativamente da sexta para o sábado.

Sergio Pérez foi bem elogiado pelo chefe da Red Bull nos EUA (Foto: Red Bull)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Ainda sobre o mexicano, ovacionado pela torcida local, Horner disse: "Sabemos que Checo é muito bom de corrida e a sua classificação tem sido o seu grande problema na temporada. É a primeira vez que teremos dois contra um na corrida. A primeira vez na era híbrida que alguém, além da Mercedes, se classificou na pole [em Austin]", completou, lembrando que Valtteri Bottas, punido, sai de nono.

Com a possibilidade real de 'marcar' Lewis Hamilton, o chefe da equipe austríaca celebrou o fato de que liderar, em Austin, é essencial.

"Nós, definitivamente, melhoramos o carro. É difícil seguir [os carros] aqui. Desta forma, tudo que você quer é liderar ao passar pela curva 1" finalizou o britânico.

O GP dos EUA, 17ª etapa da temporada 2021 do Mundial de Fórmula 1, tem largada prevista para 16h (de Brasília, GMT-3) deste domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

CONFIRA

+Verstappen manda Hamilton para aquele lugar!!! F1 começa quente nos EUA!

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade