Red Bull mexe na suspensão traseira e aproxima conceito ao da Mercedes para 2021

O RB16B da Red Bull não traz revoluções com relação ao carro de 2020, mas muda a suspensão traseira para tentar igualar o desempenho da maior rival

24 fev 2021
0comentários
Publicidade
A confiança está alta para 2021, com a dupla formada por Verstappen e Pérez. Além disso, é o último ano oficial da Honda como fornecedora de motores para a equipe
A confiança está alta para 2021, com a dupla formada por Verstappen e Pérez. Além disso, é o último ano oficial da Honda como fornecedora de motores para a equipe
Foto: Red Bull Content Pool / Grande Prêmio

A Red Bull foi bastante econômica para apresentar o RB16B, seu carro da temporada 2021 do Mundial de Fórmula 1. Com as poucas imagens divulgadas, a equipe segurou as informações de mudanças e deu a entender que não mudara muito. Mas há uma aproximação da Mercedes na parte da suspensão traseira.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

As mudanças perceptíveis inicialmente foram aquelas mandatórias pela FIA, causadas pela diminuição do assoalho, e alterações no bico - que mantém o mesmo estilo, apesar disso - e recuo da capa. Entretanto, não é só.

Quem dissecou as mudanças foi o especialista na parte técnica dos carros de F1 Craig Scarborough. De acordo com a avaliação dele, a asa dianteira sofreu mudanças para se aproximar ao conceito utilizado pela Mercedes em 2020. Os elementos inferiores do whishbone e do haste de trilha da suspensão foram limpados, na explicação do especialista. Na prática, é uma revisão importante nos braços de suspensão traseiros.

O RB16B, carro para a temporada 2021, foi apresentado na terça-feira (Foto: Red Bull Content Pool)

Neste caminho mais próximo da principal rival, a Red Bull tem urgência para se aproximar e evitar que Max Verstappen tenha a possibilidade de acionar o gatilho da cláusula de rescisão contratual baseada em desempenho. Conforme admitido pela Red Bull, o holandês pode deixar a Red Bull após o fim das temporadas 2021 e 2022 - o contrato atual termina em 2023 - caso a equipe não ofereça a oportunidade de lutar pelo título.

Além da apresentação, a Red Bull mandou Sergio Pérez à pista de Silverstone para realizar um dia de filmagem na última terça-feira. Foi o primeiro contato do mexicano com o carro rubro-taurino.

A pré-temporada da F1 está marcada para o Bahrein, nos dias 12, 13 e 14 de março. Duas semanas mais tarde, na mesma pista, o campeonato 2021 começa.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade