PUBLICIDADE

Räikkönen descarta emoção por aposentadoria da F1: "Feliz porque vai acabar logo"

Kimi Räikkönen tem apenas mais duas corridas restantes na Fórmula 1, e recusou qualquer rótulo de emoção por sua aposentadoria, afirmando que está feliz pelo fim da jornada

2 dez 2021 16h48
ver comentários
Publicidade
Kimi Räikkönen está feliz pela aposentadoria
Kimi Räikkönen está feliz pela aposentadoria
Foto: Alfa Romeo / Grande Prêmio

F1 NA ARÁBIA: RED BULL PROVOCA HAMILTON E CHEFE 'GALINHA' DA MERCEDES | WGP

Restam apenas duas corridas para a carreira de Kimi Räikkönen na Fórmula 1 acabar. O finlandês da Alfa Romeo anunciou comunicou em setembro que 2021 seria o seu último ano na categoria, e o campeão mundial de 2007 segue mostrando a tradicional postura de poucas palavras antes da despedida.

Na coletiva de imprensa do GP da Arábia Saudita, Räikkönen falou sobre a recepção preparada por funcionários da Alfa Romeo na fábrica da equipe em Hinwil, na Suíça, antes da corrida. O finlandês agradeceu o time pelo carinho após três temporadas de contribuições.

"Não tem muito o que dizer. Foi legal ver as pessoas pela última vez, então fui com minha família e fiquei lá um pouco. Vi todos, eles fizeram bastante coisas. Não importa o jeito que pareceu, ficou bonito, mas creio que o sentimento era mais importante. Foi bom", declarou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Kimi Räikkönen está de saída da F1 (Foto: Alfa Romeo)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

O finlandês negou que sua despedida em Abu Dhabi, daqui uma semana, será emocionante, e inclusive afirmou que está feliz pela carreira terminar logo. Aos 42 anos, Räikkönen é o recordista de largadas na história da Fórmula 1, com 347.

"Eu não sei porque seria emocionante, estou ansioso. Estou feliz porque vai acabar logo, não tem nada de triste ou ruim sobre. Acho que é algo bom", concluiu.

O GP da Arábia Saudita marca a 21ª e penúltima etapa da temporada 2021 da Fórmula 1 e está marcado para 14h30 (de Brasília, GMT-3) deste domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

COMO BOTTAS E PÉREZ VIRARAM VÍTIMAS DAS EXPECTATIVAS ALHEIAS? | GP às 10

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade