PUBLICIDADE

Pirelli decide por gama intermediária de pneus para estreia da Arábia Saudita na F1

Fornecedora única de pneus da Fórmula 1, Pirelli define compostos que serão usados na primeira visita da categoria à Arábia Saudita, em condições ainda desconhecidas

29 nov 2021 15h57
ver comentários
Publicidade
Pirelli optou por gama intermediária de pneus em primeira corrida na Arábia Saudita
Pirelli optou por gama intermediária de pneus em primeira corrida na Arábia Saudita
Foto: Pirelli / Grande Prêmio

MERCEDES DEVERIA TROCAR BOTTAS POR RUSSELL NA RETA FINAL DA F1 2021?

A Pirelli definiu a gama de pneus que será usada durante o GP da Arábia Saudita de Fórmula 1, que acontece no próximo final de semana. A fornecedora oficial de compostos da F1 decidiu que serão usados os pneus C2, C3 e C4, escolha diferente da feita na última etapa, no Catar, em que foram utilizados os compostos C1, C2 e C3.

Ao contrário do circuito de Losail, no entanto, a Pirelli desconhece os efeitos que seus compostos terão no asfalto de Jedá, já que será a primeira vez que a Fórmula 1 vai viajar ao país árabe. Assim, o gerente mundial de esportes a motor da Pirelli, Mario Isola, ressaltou a dificuldade de escolher a gama certa para a corrida.

"Jedá é provavelmente a maior incógnita que enfrentaremos durante todo o ano, já que a pista foi concluída muito perto da corrida", reconheceu. "Como resultado, só podemos contar com simulações da Fórmula 1 e das equipes, junto com outras informações que coletamos, para chegar à nossa indicação", afirmou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Pirelli definiu compostos que serão usados pelos 20 pilotos da Fórmula 1 no primeiro GP da Arábia Saudita da história (Arte: Pirelli)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Isola ainda destacou a a diferença entre as curvas no circuito da Arábia Saudita, o que aumenta ainda mais o desgaste proporcionado aos compostos. De acordo com ele, as características peculiares do circuito de Jedá tornam qualquer previsão incerta.

"Este circuito de rua parece ser bem diferente de qualquer outra coisa, e as altas velocidades com curvas rápidas obviamente terão um papel importante na maneira como os pneus se comportam", acredita. "Jedá tem mais curvas do que qualquer outra pista do calendário, e uma delas - a curva 13 - também tem inclinação de 12°, portanto, há muitos elementos diferentes que manterão os pneus trabalhando duro", encerrou.

O GP da Arábia Saudita está marcado para acontecer entre os dias 3 e 5 de dezembro, na primeira participação do país no calendário da Fórmula 1. Em seguida, no final de semana seguinte, equipes e pilotos viajam para o encerramento da temporada, no GP de Abu Dhabi, em Yas Marina.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade