PUBLICIDADE

Ocon agradece Alpine e Alonso e comemora primeira vitória na F1: "O que posso dizer?"

O dia de Esteban Ocon chegou. Após ficar fora do grid por um ano e ser praticamente descartado pela Mercedes, o francês enfim venceu na Fórmula 1, no GP da Hungria de 2021

1 ago 2021 12h41
ver comentários
Publicidade
Esteban Ocon foi o herói improvável de um GP da Hungria inacreditável neste domingo
Esteban Ocon foi o herói improvável de um GP da Hungria inacreditável neste domingo
Foto: Alpine / Grande Prêmio

Alguns momentos são clássicos instantâneos. No momento em que acontecem, fica claro que a história foi escrita e há um grande capítulo a ser contado. Foi o caso do GP da Hungria deste domingo (1) em que uma grande batida na largada e um equívoco da Mercedes colocaram Esteban Ocon na liderança. Como se estivesse acostumado àquela posição, comandou a corrida com a Alpine e venceu pela primeira vez no Mundial de Fórmula 1.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ocon apareceu em segundo após o forte acidente causado por Valtteri Bottas na largada. Após a bandeira vermelha, porém, Lewis Hamilton, que liderava, foi o único piloto a ficar na pista de pneus intermediários e, assim, teve de parar na volta seguinte e ficou no fim do pelotão. Mesmo assim, quando toda a fila de pilotos saiu dos boxes, quem liderava era George Russell, mas o inglês teve um problema e perdeu várias posições. Ocon assumiu a ponta e até suportou certa pressão de Sebastian Vettel após o pit-stop para entrar para a história.

O que dizer quando você vence de maneira absolutamente inesperada, após sequência difícil de corridas quando sua carreira quase foi enterrada há dois anos, quando não havia vaga na Fórmula 1? Resta agradecer. Exatamente o que Ocon fez em Budapeste.

Esteban Ocon, vencedor de corridas na F1
Esteban Ocon, vencedor de corridas na F1
Foto: AFP / Grande Prêmio

Paddockast 114 | Às vésperas das férias, mercado de pilotos para F1 2022 ferve: quem fica e quem sai

"Que momento! Sinto-me tão bem. É a primeira vitória do Grupo Renault desde a volta à Fórmula 1", comemorou.

"Tivemos momentos difíceis na temporada que superamos com o time voltando a ter um ritmo incrível em Silverstone", disse.

"Vitória hoje, o que eu posso dizer? A vitória também é graças a Fernando com a forma como ele guiou hoje. Obrigado pela confiança que todos colocaram em mim", finalizou.

Após a Hungria, a Fórmula 1 entra no recesso de verão e corre somente no GP da Bélgica, marcado para o fim de semana de 29 de agosto.

LOUCURA NA F1! OCON VENCE E ALONSO QUASE PARA HAMILTON! TUDO SOBRE O GP DA HUNGRIA | Briefing

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade