PUBLICIDADE

Mercedes fala em mudar acerto para amenizar quiques em Mônaco: "Impossível pilotar assim"

Lewis Hamilton reclamou bastante dos saltos no TL1 em Mônaco. Toto Wolff reconheceu que o carro está bom, mas ainda é preciso deixá-lo mais agradável para pilotar

27 mai 2022 11h41
ver comentários
Publicidade
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Foto: Mercedes / Grande Prêmio

O primeiro treino livre para o GP de Mônaco trouxe um velho conhecido da Mercedes e que, pelo visto, ainda vai dar muita dor de cabeça para George Russell e Lewis Hamilton: os quiques. O heptacampeão, aliás, reclamou bastante da dificuldade em conduzir o W13 nas ruas de Monte Carlo por causa do porpoising, e Toto Wolff disse após a sessão que vai ser preciso mexer na configuração para tentar amenizar o problema.

Na primeira sessão desta sexta-feira (27), Russell e Hamilton ficaram em oitavo e décimo, respectivamente. "Acho que temos um problema de direção. É o mesmo que tivemos ao longo da temporada, com o porpoising. Às vezes é uma combinação entre aerodinâmica e a rigidez", explicou Wolff.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Toto Wolff se vê novamente às voltas com o fantasma do porpoising
Toto Wolff se vê novamente às voltas com o fantasma do porpoising
Foto: Mercedes AMG-F1/Steve Etherington / Grande Prêmio

Hamilton chegou a dizer durante a transmissão que seria preciso colocar alguma espécie de proteção nos cotovelos, pois os saltos estavam dificultando muito a sua condução. Wolff concordou que, apesar de o carro ter se mostrado com um bom ritmo, será preciso amenizar o porpoising para não comprometer o desempenho no resto do final de semana.

"Fomos rápidos, talvez não no final, com os pneus duros. No geral, é um bom carro, mas é impossível pilotar desse jeito", reconheceu o chefe das Flechas de Prata. Em seguida, disse que o time vai "trabalhar na configuração e tentar deixar o carro mais agradável de pilotar". "Se for rápido, faremos com que ele [Hamilton] tenha todo o conforto de que precisa."

Por fim, o dirigente austríaco destacou que a Mercedes está "mais perto, de qualquer forma, e aprendendo cada vez mais". "Isso é positivo", concluiu Wolff.

A segunda sessão de treinos livres para o GP de Mônaco acontece logo mais, às 12h [Brasília, GMT-3]. O GRANDE PRÊMIO acompanha as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade