PUBLICIDADE

McLaren põe nome de Senna no carro e anuncia homenagem permanente na Fórmula 1

A McLaren anunciou que passa a ter uma homenagem contínua a Ayrton Senna a partir do GP de Mônaco deste fim de semana

27 mai 2022 12h02
ver comentários
Publicidade
Senna foi tricampeão mundial com a McLaren
Senna foi tricampeão mundial com a McLaren
Foto: AFP / Grande Prêmio

A McLaren aproveitou a manhã desta sexta-feira (27) em que os carros foram à pista pela primeira vez para o fim de semana do GP de Mônaco e anunciou que passa a contar com o nome de Ayrton Senna nos carros de maneira contínua na Fórmula 1. O anúncio veio por meio de comunicado assinado pelo diretor-executivo Zak Brown.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Senna defendeu outras três equipes na Fórmula 1 - Toleman, Lotus e Williams -, mas foi na McLaren onde andou por mais tempo, disputou mais GPs e conquistou os três títulos mundiais.

"A partir do GP de Mônaco de 2022, o McLaren MCL36 vai carregar a logo de Senna, marcando nosso compromisso em celebrar seu legado. Não consigo pensar numa corrida melhor que Mônaco para começar a reconhecer a vida de Ayrton. Afinal, ganhou aqui seis vezes, mais que qualquer outro piloto. Ayrton provou aqui a habilidade atrás do volante de um F1 que jamais foi igualada", afirmou.

A homenagem a Ayrton Senna que a McLaren passa a estampar (Foto: Reprodução/F1)

Paddockast #149: O esquenta das 500 Milhas de Indianápolis 2022

"Isso coloca nossos carros ao permanente suporte da família Senna. Servirá como lembrança constante do talento sensacional de Ayrton Senna para nós enquanto equipe e para todos os fãs ao redor do mundo", seguiu.

"Ayrton Senna é e será sempre uma lenda da McLaren. Suas performances com a McLaren, que renderam a ele os três títulos mundiais, cimentam para sempre o lugar como um dos maiores pilotos de Fórmula 1 de todos os tempos. Quando morreu tragicamente em 1994, todo o mundo do esporte a motor sentiu a perda incomparável, mas sua memória vive nos corações e cabeças de fãs de F1 por todo o mundo. Sentimos que é certo que nós, como McLaren, reconheçamos a contribuição de Ayrton ao nosso esporte ao carregar o nome dele em qualquer lugar que formos correr", finalizou.

Senna venceu o GP de Mônaco em 1987, 1989, 1990, 1991, 1992 e 1993 - a primeira pela Lotus e as cinco últimas a favor da McLaren.

A Fórmula 1 continua neste fim de semana, em Monte Carlo, com o GP de Mônaco. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade