PUBLICIDADE

Hamilton cita decisão fantástica da Mercedes, mas prevê "trabalho dobrado" com Verstappen

Britânico elogiou a atuação de Lando Norris em Sóchi e avaliou que a centésima vitória na Fórmula 1 tardou a chegar. Piloto da Mercedes retomou a ponta do campeonato

26 set 2021 11h20
ver comentários
Publicidade
Lewis Hamilton aproveitou a chuva para vencer em Sóchi
Lewis Hamilton aproveitou a chuva para vencer em Sóchi
Foto: Yuri Kochetkov - Pool/Getty Images / Grande Prêmio

A ousadia de Lando Norris abriu caminho para a 100ª vitória de Lewis Hamilton na Fórmula 1. Dono a pole, o piloto da McLaren liderou boa parte da corrida deste domingo (26) em Sóchi, mas viu a chuva mudar a história do GP da Rússia.

Enquanto o pelotão começava a ir para os boxes para trocar de pneus, Norris insistiu nos slicks. Inicialmente, Hamilton até acompanhou o piloto da McLaren, mas na volta 49 das 53 na Rússia, atendeu ao chamado da Mercedes e parou para a troca. Momentaneamente, a estratégia de Lando parecia ter sido genial, mas a chuva aumentou, tornando a McLaren incontrolável.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Lewis Hamilton dividiu o pódio da 100ª vitória com Max Verstappen e Carlos Sainz Jr. (Foto: Yuri Kochetkov - Pool/Getty Images)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Com o jovem piloto sofrendo para chegar aos boxes, Hamilton assumiu o comando da disputa e tratou de sustentar a ponta para receber a bandeirada com 53s271 pontos de vantagem para Max Vestappen, que aproveitou a chuva para assegurar o segundo posto depois de largar em 20º por conta de uma troca de motor.

Ainda pelo rádio, Hamilton parabenizou a Mercedes pela decisão de parada nos boxes.

"Ótimo esforço, pessoal. Foi um trabalho duro. Levou muito tempo para esta 100ª, mas sou muito grato a todos vocês", declarou. "Foi uma decisão fantástica com os pneus de chuva", elogiou.

Com o resultado, Hamilton recuperou a liderança do Mundial, abrindo só dois pontos para o rival da Red Bull.

"Que corrida o clima promoveu", comentou o britânico ao deixar o carro. "Levou muito tempo para chegar na 100ª e eu não tinha certeza de que chegaria. Lando fez um trabalho incrível, tinha um ritmo incrível e está fazendo um ótimo trabalho pela McLaren. Foi um sabor agridoce ver a minha antiga equipe na frente e eles estão fazendo um trabalho fantástico", elogiou.

"No final, a equipe tomou uma grande decisão. Eu não queria deixar Lando escapar e não sabia o que aconteceria com o clima. Sou incrivelmente grato a esses homens e mulheres aqui e na fábrica", declarou. "Quando fui para cama na noite passada, não estava muito feliz com o trabalho que fiz na noite passada. Assisti o replay e foram pequenos erros, mas isso não é o ideal. Estava muito determinado quando acordei nesta manhã para fazer o melhor trabalho que podia", contou.

Mesmo feliz com o resultado, Hamilton reconheceu o bom resultado de Verstappen em Sóchi e deixou claro que ainda tem muito trabalho para fazer.

"Max deve ter feito um trabalho realmente ótimo para terminar em segundo largando de último", considerou. "Vamos ter de trabalhar dobrado", concluiu.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade