0

GP do Canadá de F1 é adiado por causa do coronavírus

Grande Prêmio canadense é o nono afetado pela crise do coronavírus. Nova data da prova ainda não foi divulgada

7 abr 2020
16h33
atualizado às 16h49
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Os organizadores do Grande Prêmio do Canadá anunciaram nesta terça-feira (7) o adiamento da corrida em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

O Grande Prêmio do Canadá é a nona etapa afetada pela crise do coronavírus
O Grande Prêmio do Canadá é a nona etapa afetada pela crise do coronavírus
Foto: Reuters

A prova, que deveria ocorrer entre os dias 12 e 14 de junho, é a nona impactada desde que os casos da doença começaram a ser revelados. Até o momento, não foi divulgada uma nova data. Em um comunicado, os promotores canadenses disseram que "teriam a honra de sediar a primeira corrida de 2020" e que ficaram "tristes" por terem que adiar a competição.

"Esse adiamento não foi uma decisão tomada de maneira fácil. Ao longo do último mês, estivemos em constante contato com a F1 e os representantes da Cidade de Montreal e os governos da província e do país", afirmou o CEO do GP do Canadá, Francois Dumontier, ressaltando que estão seguindo as práticas recomendadas pelas autoridades em meio à pandemia da Covid-19.

"Nossos pensamentos e gratidão estão com os homens e mulheres trabalhando de forma incansável para nos manter saudáveis e alimentados durante esses tempos de incerteza", acrescentou. Embora não tenha divulgado uma nova data para a realização da prova, o CEO da F1, Chase Carey, deu a entender que a corrida pode acontecer ainda neste ano. "Temos trabalhado em conjunto com os nossos amigos do GP do Canadá ao longo das últimas semanas e os apoiado nesta decisão para assegurar a segurança de todos os fãs e da comunidade da F1. Sempre ficamos ansiosos para viajar para a incrível cidade de Montreal. E por mais que desta vez tenhamos que esperar um pouco mais, faremos um grande show quando chegarmos lá no fim deste ano", concluiu Carey.

Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade