PUBLICIDADE

GP da Arábia Saudita veta saia, vestido e até maquiagem para mulheres na Fórmula 1

Organização de evento em Jedá determina quais roupas são permitidas para homens e mulheres durante o GP de F1. Restrições ao público feminino incluem diversos tipos de roupas e até maquiagem

19 out 2021 12h12
| atualizado às 12h15
ver comentários
Publicidade
O retrógrado e machista código de vestimenta do GP da Arábia Saudita
O retrógrado e machista código de vestimenta do GP da Arábia Saudita
Foto: Divulgação / Grande Prêmio

Paddock GP #261 faz prévia de retorno da Fórmula 1 aos Estados Unidos

A Fórmula 1 ainda se mobiliza para a etapa do próximo final de semana, em Austin, nos Estados Unidos, mas a estreia da Arábia Saudita, entre 3 e 5 de dezembro, já começa a influenciar nos bastidores da categoria. A organização do evento emitiu um comunicado interno para as equipes da Fórmula 1 e da Fórmula 1 um código de vestimenta que inibe a utilização de diversas peças de roupa comuns entre as mulheres, e até mesmo o uso de maquiagem mais forte.

Chama atenção a quantidade de restrições destinadas às mulheres, que ficam impedidas de utilizarem as peças de roupa que acharem mais confortáveis e precisarão se adequar àquilo que o governo considera aceitável.

Cabe ressaltar que, em dezembro, a média de temperatura em Jedá, cidade que vai receber a Fórmula 1, fica em torno dos 30ºC, embora nas garagens das equipes a tendência é que o calor seja ainda mais forte.

O retrógrado e machista código de vestimenta do GP da Arábia Saudita (Foto: Divulgação)

Entre as restrições, as mulheres não poderão usar maquiagem "excessiva" — embora o conceito de excessivo não seja definido pela organização e se torne algo subjetivo —, roupas com transparência, minissaias, roupas que terminem acima do joelho, vestidos com abertura nas costas, roupas com alças à mostra, roupas apertadas e biquínis.

" data-image-caption="

Arábia Saudita define o que é "aceitável" de se usar durante disputa do GP de Fórmula 1 (Foto: GP da Arábia Saudita)

" data-medium-file="https://www.grandepremio.com.br/wp-content/uploads/2021/10/Female-Clothing-300x212.jpg" data-large-file="https://www.grandepremio.com.br/wp-content/uploads/2021/10/Female-Clothing.jpg" loading="lazy" width="990" height="701" src="https://www.grandepremio.com.br/wp-content/uploads/2021/10/Female-Clothing.jpg" alt="" class="wp-image-517664" srcset="https://www.grandepremio.com.br/wp-content/uploads/2021/10/Female-Clothing.jpg 990w, https://www.grandepremio.com.br/wp-content/uploads/2021/10/Female-Clothing-300x212.jpg 300w, https://www.grandepremio.com.br/wp-content/uploads/2021/10/Female-Clothing-768x544.jpg 768w, https://www.grandepremio.com.br/wp-content/uploads/2021/10/Female-Clothing-150x106.jpg 150w" sizes="(max-width: 990px) 100vw, 990px">

Arábia Saudita define o que é "aceitável" de se usar durante disputa do GP de Fórmula 1 (Foto: Divulgação)

Para os homens, as restrições são mais leves, embora também existam. Bermudas, shorts curtos, regatas e calças apertadas estão proibidas para o público masculino que quiser prestigiar o primeiro GP de Fórmula 1 em território árabe.

Desde a confirmação da Arábia Saudita como palco da Fórmula 1 a partir de 2022, o evento vem gerando polêmica. O governo saudita é constantemente ligado a violações de direitos humanos e perseguição a mulheres e homossexuais, que têm seus direitos cerceados pelo governo sob a justificativa de preceitos religiosos.

Restrições à vestimenta masculina são menores em relação ao público feminino (Foto: Divulgação)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Assim, o governo busca a propaganda positiva gerada pela F1 para desviar o foco das ações não-humanitárias que ocorrem em território árabe, fenômeno compreendido como sportswashing. Novamente, mulheres terão sua liberdade limitada, já que não terão a opção de se vestirem conforme suas vontades, e sim da forma que o governo julga como correto.

A próxima etapa da temporada 2021 da Fórmula 1 acontece neste fim de semana com a disputa do GP dos Estados Unidos, no Circuito das Américas. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade