PUBLICIDADE

Gasly discorda de punição após incidente com Alonso na Turquia: "Não havia espaço"

Pierre Gasly não gostou muito da punição que recebeu por tocar em Fernando Alonso na largada do GP da Turquia e deu sua própria versão sobre o incidente

12 out 2021 08h14
ver comentários
Publicidade
Pierre Gasly fechou o GP da Turquia em 6º lugar
Pierre Gasly fechou o GP da Turquia em 6º lugar
Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool / Grande Prêmio

O domingo do GP da Turquia de Pierre Gasly ficou comprometido logo na primeira volta. Um toque com Fernando Alonso ainda na largada fez com que o francês da AlphaTauri levasse uma punição de 5 segundos. Apesar disso, terminou na sexta colocação e discordou muito da punição recebida.

Na largada, Gasly acabou ficando entre Pérez, por dentro, e Alonso, por fora. Para evitar ser tocado pelo mexicano, abriu um pouco na curva 1 e acertou o piloto da Alpine, que rodou. De acordo com os comissários, o francês foi considerado culpado pelo incidente.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Fernando Alonso rodou na largada do GP da Turquia (Foto: F1/Twitter)

"Alonso estava ligeiramente à frente de Gasly na saída da curva, quando os dois carros se tocaram. Os comissários determinaram que a culpa foi predominante de Gasly pela colisão, pois ele não deixou espaço suficiente para Alonso do lado de fora. Ainda é preciso pontuar que o incidente não é considerado evitável, pois Gasly ficou espremido por dois carros quando realizou o toque", afirmaram os comissários em nota.

Após a corrida, porém, o piloto da AlphaTauri discordou da decisão e deu sua própria versão dos fatos. O francês admitiu o toque, mas não acredita que tenha mudado a trajetória antes do incidente.

"Para mim, estava apertado com o Sergio [Pérez] por dentro e o Fernando [Alonso] por fora, então honestamente não havia muito espaço. Então, sim, houve contato. Paguei a punição, mas não sei se foi correta ou não", disse Gasly.

"Eu vi o Fernando ali, mas também vi onde estava o Sergio e tentei passar por onde era possível. Sabemos que nem sempre é fácil quando estão muitos carros ali. Não estive envolvido em nenhuma situação similar, pelo que me recordo, mas é assim que acontece", completou.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade