PUBLICIDADE

F1 acredita que "entusiasmo do público jovem" dá base para aumentar corridas sprint em 2022

Stefano Domenicali acredita que formato de corridas sprint é particularmente popular entre o público jovem que acompanha F1, mas que prefere corridas mais curtas

19 out 2021 09h51
ver comentários
Publicidade
Novidade em 2021, corridas sprint vão acontecer mais vezes em 2022
Novidade em 2021, corridas sprint vão acontecer mais vezes em 2022
Foto: Fórmula 1/Reprodução / Grande Prêmio

Paddock GP #261 faz prévia de retorno da Fórmula 1 aos Estados Unidos

Uma nova mudança foi introduzida na Fórmula 1 nesta temporada com a chegada das corridas sprint. A ideia em torno da disputa é oferecer ao público uma nova maneira de classificar os carros para a corrida principal, realizando uma prova de menor duração, no sábado. Em 2021, o calendário compreende três provas sprint durante o ano: na Inglaterra, Itália e no GP de São Paulo, com um aumento previsto para 2022, ainda não confirmado em quais países. De acordo com o presidente e CEO da Fórmula 1, Stefano Domenicali, oferecer menos tempo de preparação para as equipes pode trazer menos previsibilidade para o fim de semana, logo, mais emoção ao público.

"Por uma perspectiva esportiva, percebemos que quanto menos tempo os times têm nos treinos livres, mais imprevisível fica a ação na pista, na classificação e na corrida", disse o executivo ao site oficial da F1. "Tem algumas coisas que precisamos ajustar, e estamos trabalhando nisso", afirmou.

Para o ex-chefe de equipe da Ferrari, o público mais jovem da F1 está entusiasmado com o novo formato, motivo suficiente para que a categoria decida aumentar o número de sprints previstos para o ano que vem. Domenicali ainda acredita que outras pessoas espalhadas pelo mundo passem a criar interesse pelas corridas curtas.

"É muito fácil ser negativo e não mudar", continuou o dirigente. "Mas insistimos em ir nessa direção porque vemos o entusiasmo da nova geração e o maior interesse daqueles ao redor do mundo", finalizou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Max Verstappen com a coroa de louros depois de vencer a primeira corrida sprint da F1, no GP da Inglaterra (Foto: Mark Thompson/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O assunto sobre o interesse da nova geração no formato de sprint não é recente e pode ser um dos fatores para que a categoria insista nas disputas.

Anteriormente, o diretor técnico da Fórmula 1, Ross Brawn, já havia sugerido a mesma opinião. "As coisas mudam e os jovens não necessariamente querem ver duas horas de corrida em uma tarde de domingo. Podemos descobrir que o novo formato é mais atrativo para eles", afirmou na época.

Com duas corridas sprint disputadas na temporada 2021, resta apenas uma na programação para o ano, marcada para o GP do Brasil, em Interlagos, em 13 de novembro.

Nas duas primeiras disputas, dois vencedores diferentes: Max Verstappen levou a melhor na prova sprint do GP da Inglaterra, enquanto Valtteri Bottas foi o responsável por chegar em primeiro na corrida de classificação do GP da Itália.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade