0

Em discurso, Massa admite perseguir título na F1: "sonho maior"

23 nov 2012
13h42
atualizado às 18h21
Emanuel Colombari
Direto de São Paulo

Felipe Massa participou nesta sexta-feira de um evento de um de seus patrocinadores no Autódromo de Interlagos, em meio à programação de treinos livres para o Grande Prêmio do Brasil. E em um rápido discurso para a plateia, o piloto brasileiro da Ferrari admitiu que ainda persegue o título de campeão da categoria, que deixou escapar quando foi vice na temporada 2008.

» De "reta curva" a sabão no banheiro; veja gafes de Galvão na F1

"Continua sendo o sonho maior", disse Massa para os presentes, lembrando ainda seu início de carreira. "Eu era uma criança que tinha um sonho de me tornar piloto. Valeu muito o esforço, a luta, a garra para virar um piloto de Fórmula 1 - ainda mais da Ferrari", completou, citando ainda as vitórias conquistadas na categoria máxima do automobilismo mundial.

Com um pronunciamento com tons motivacionais para os presentes, majoritariamente jovens universitários, Massa procurou passar incentivo em suas palavras. "Eu passei por muitos dias difíceis, complicados, em que parecia que o dia seguinte não ia acontecer. E aconteceu, graças à vontade", filosofou o brasileiro, sétimo colocado no Mundial de 2012.

Mais tarde, Massa foi questionado a respeito da evolução aerodinâmica e tecnológica da Fórmula 1 desde estreou na categoria, em 2002. Mesmo com dez anos entre os principais pilotos do mundo, o brasileiro apontou o Kers e a asa móvel traseira como alguns dos mais impactantes de sua trajetória nas pistas.

"A Fórmula 1 é um esporte que é totalmente ligado à tecnologia. A cada ano, tem mudanças que a gente tem que aprender para fazer a coisa funcionar direito. Se a gente colocar os últimos dois anos, muita coisa mudou", disse Massa, explicando em seguida o funcionamento do Kers para a plateia, e lembrando ainda a asa móvel.

"(O carro de Fórmula 1) é um carro totalmente aerodinâmico. Hoje, temos o DRS, que é sistema de redução de arrasto, para usar quando estamos a menos de 1s do carro da frente. Aqui em Interlagos, é utilizado entre as curvas 3 e 4", exemplificou.

Piloto brasileiro foi vice-campeão em 2008, perdendo o título para Hamilton
Piloto brasileiro foi vice-campeão em 2008, perdendo o título para Hamilton
Foto: Emanuel Colombari / Terra
Fonte: Terra
publicidade